Vivo vai conectar fazendas do Grupo Bom Jesus com rede 4G

Cobertura de quarta geração móvel deve alcançar uma área de 28 mil hectares no Mato Grosso; NB-IoT, LTE-M, torres e backhaul também estão inclusos no projeto
Vivo vai conectar fazendas do Grupo Bom Jesus com 4G
Rede 4G da Vivo deve alcançar 28 mil hectares do Grupo Bom Jesus (crédito: Freepik)

A Vivo anunciou, nesta segunda-feira, 29, que vai levar rede 4G a algumas fazendas do Grupo Bom Jesus, no estado do Mato Grosso. O projeto inclui, por conta da operadora, a instalação de infraestrutura de torres, backhaul e o fornecimento de equipamentos de telecom.

A rede, que deve cobrir uma área de 28 mil hectares, funcionará por meio da frequência de 700 MHz. As tecnologias NB-IoT (Internet das Coisas de banda estreita) e LTE-M (Long-Term Evolution for Machines), específicas para suportar aplicações digitais no campo, também estão inclusas.

O Grupo Bom Jesus é um gigante agrícola que atua nas áreas de transporte, comercialização de grãos, insumos (fertilizantes, defensivos e sementes), pecuária e varejo de combustíveis. Além do Mato Grosso, mantém operações na Bahia e no Piauí.

Em comunicado, o grupo agrícola indica que, com a parceria com a Vivo, planeja tornar a sua operação no Centro-Oeste mais digitalizada e eficiente. A expectativa é de que, com a conectividade cobrindo toda a área de cultivo, a empresa possa ampliar os controles da operação e o acompanhamento em tempo real, com destaque à automação de todo o seu maquinário agrícola, caminhões e estações climáticas.

Laerte Marroni, gerente de TI do Grupo Bom Jesus, indicou que a conectividade 4G “oferece oportunidades significativas para aumentar a eficiência, a produtividade e a sustentabilidade nas atividades agrícolas, com benefícios como informação em tempo real, monitoramento remoto, automatização e controle, gestão de recursos eficiente, rastreabilidade e segurança”.

Como antecipado no evento AGROtic, realizado pelo Tele.Síntese em parceria com a ESALQtec, em março deste ano, no setor agrário, a Vivo busca se posicionar como orquestradora de soluções digitais. No caso do projeto com o Grupo Bom Jesus, a operadora ressalta que “a proposta está em levar tecnologia para agilizar todas as partes da operação”.

“A parceria com o Grupo Bom Jesus tem potencial para alavancar a utilização das tecnologias disponíveis e criar um ambiente dinâmico e veloz, através da captação de dados da operação no campo em tempo real, trazendo eficiência e produtividade para o processo produtivo”, diz Diego Aguiar, diretor de IoT e Big Data da Vivo, também em nota.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10589