TIM vai implantar redes 4G em fazendas do Grupo Progresso no Piauí

Primeira unidade a receber o sinal móvel tem mais de 36 mil hectares; operadora também firma parceria com a KPMG para oferecer serviço de conectividade e análise de negócios
TIM vai instalar rede 4G em fazendas do Grupo Progresso
Fazenda de algodão do Grupo Progresso vai ganhar rede 4G da TIM (crédito: Freepik)

 

O Grupo Progresso, especializado no cultivo de soja, milho e algodão, além de reflorestamento com eucalipto e pecuária, contratou a TIM para implementar cobertura 4G em suas fazendas no Piauí.

A primeira unidade produtiva a receber infraestrutura de conectividade será a Fazenda Progresso, localizada em Sebastião Leal, na região centro-sul do estado. Maior propriedade do grupo, cujas terras são destinadas ao plantio de grãos e algodão, a fazenda tem mais de 36 mil hectares. No total, a empresa de agronegócio conta com sete fazendas no estado da região nordeste.

Por meio da parceria, a TIM expande a sua área de cobertura 4G no campo, devendo chegar a 14 milhões de hectares cobertos em todo o País quando concluir a implementação da rede nas unidades do grupo.

Em comunicado, a operadora destacou que atingiu mais uma meta de cobertura em prazo menor do que o estimado. Além disso, ressaltou que suas soluções de conectividade tem conquistado parceiros em todo o território nacional.

“Estamos chegando a 14 milhões de hectares em cobertura 4G e contamos com empresas como o Grupo Progresso para conquistar ainda mais espaço no agronegócio”, afirma, em nota, Alexandre Dal Forno, diretor de Desenvolvimento de Mercado IoT & 5G da TIM Brasil.

A Fazenda Progresso é sede de uma usina de beneficiamento de algodão, com capacidade para processar 6 toneladas de pluma por hora, além de armazenar mais de 10 mil toneladas de pluma beneficiada pronta para comercialização.

A propriedade também dispõe de um dos dois centros de pesquisa e beneficiamento de sementes do grupo, monitorando e acompanhando a qualidade de lotes de sementes. O outro centro está localizado na Fazenda Península, em Guadalupe, a cerca de duas horas da unidade Progresso, também no Piauí.

Segundo Gregory Sanders, integrante da família fundadora do grupo, a cobertura 4G será utilizada para pôr em prática projetos relacionados a outras iniciativas da empresa, além de contribuir para reforçar os critérios de qualidade dos produtos.

“Temos como missão o uso da tecnologia de forma responsável, que nos permita seguir inovando e fazendo a diferença em todo o grupo”, diz Sanders.

Parceria para o campo

Também nesta quinta-feira, a TIM anunciou uma parceria com a consultoria KPMG. O acordo deve ampliar a conectividade no campo e impulsionar a produtividade no agronegócio, oferecendo tecnologia e inteligência de negócio, o que inclui serviços como análise de dados extraídos da operação agrícola e a implementação de soluções para o trabalho rural.

Na prática, as empresas do agronegócio poderão contratar projetos com as duas empresas simultaneamente. A operadora entra com a infraestrutura de conectividade, como antenas, torres e dispositivos, enquanto a consultoria provê estudos de viabilidade para otimização da rede tecnológica customizada para as necessidades de uma área específica.  (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10589