Siga Antenado alerta população de Goiás sobre interferências na parabólica tradicional

Problema pode ocorrer assim que o 5G for ativado em 82 cidades do estado às quais a Anatel autorizou a chegada do 5G

A Siga Antenado, entidade responsável por limpar a frequência de 3,5 GHz no Brasil para implantação do 5G, emitiu alerta à população de Goiás, convocando para substituição do parque local de parabólicas. A instalação de infraestrutura para o 5G foi autorizada para mais de 1.610 municípios de 21 estados brasileiros, dentre os quais, 82 são de Goiás.

Entre eles estão: Bonfinópolis, Cabeceiras, Formosa, Hidrolândia, Nerópolis, Abadia de Goiás, Alexânia, Barro Alto, Caldazinha, Senador Canedo, Iaciara, Montividiu, Ouvidor, Anhanguera, Vianópolis, Santo Antônio da Barra, Rio Verde e Rio Quente. Com a liberação do sinal, aumenta o senso de urgência para a troca das parabólicas tradicionais pelas novas parabólicas digitais. Para a população de menor renda, a substituição é gratuita.

A troca se faz necessária, pois a população que utiliza a parabólica tradicional para receber sinal de TV aberta poderá enfrentar interferências, como chuviscos, chiados, imagem travada ou até interrupção do sinal. Isso acontece porque o 5G opera na mesma frequência da parabólica tradicional, a Banda C. Já o equipamento digital opera em outra faixa, a Banda Ku.

Famílias de baixa renda têm direito à substituição gratuita

Famílias de menor renda inscritas em Programas Sociais do Governo Federal e que já tenham a antena parabólica tradicional em pleno funcionamento têm direito à instalação gratuita do equipamento digital. Para saber se você tem direito, basta acessar o site sigaantenado.com.br ou ligar para 0800 729 2404, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 16h, com o CPF ou NIS em mãos.

Rio Verde é a cidade com maior número de famílias que devem ser beneficiadas com a substituição gratuita da nova parabólica digital, com 16.535 kits previstos. Na sequência, estão: Formosa (2.481), Vianópolis (1.189), Senador Canedo (1.115), Iaciara (1.014), Montividiu (979), Alexânia (612), Ouvidor (542), Santo Antônio da Barra (427), Nerópolis (339), Rio Quente (322), Hidrolândia (250), Barro Alto (208), Cabeceiras (191), Bonfinópolis (109), Anhanguera (104), Abadia de Goiás (98) e Caldazinha (51).

A substituição é realizada pela Siga Antenado, Entidade Administradora da Faixa criada por determinação da Anatel, responsável por apoiar a população durante a migração do sinal de TV utilizado pelas parabólicas tradicionais (banda C) para o sinal das parabólicas digitais (banda Ku). A Siga Antenado é formada pelas operadoras Claro, TIM e Vivo, que foram as vencedoras dos blocos nacionais do leilão do 5G, com as licenças da faixa 3,5 GHz.

Melhor qualidade

De acordo com Leandro Guerra, presidente da Siga Antenado, a nova parabólica digital tem melhor qualidade de imagem, de som, programação regional e vai continuar sendo gratuita, como sempre foi. “É muito importante que as pessoas procurem nossos canais de atendimento o quanto antes para saber se têm direito ao kit gratuito e o que precisam fazer para migrar para a nova tecnologia”, afirma Guerra. As famílias que utilizam outros sistemas de recepção para assistir televisão, como antena digital espinha de peixe (instalada no alto da casa), antena digital interna ou TV por assinatura não precisam se preocupar, pois não haverá qualquer mudança em seus equipamentos. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10510