Siga Antenado abre agendamento para troca de parabólica em diversas cidades de MG, RJ e RS

Substituição gratuita do equipamento convencional pelo modelo digital ocorre em municípios próximos a Belo Horizonte (MG), Juiz de Fora (MG), Caxias do Sul (RS) e Campos de Goytacazes (RJ)
Leandro Guerra, presidente da Siga Antenado
Leandro Guerra, presidente da Siga Antenado, ao lado de parabólica digital (crédito: Divulgação)

A Siga Antenado (EAF) abriu agendamento para a troca da antena parabólica tradicional pelo modelo digital em diversas cidades dos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Nesta fase, a instalação dos kits ocorrem em municípios próximos a Belo Horizonte (MG), Juiz de Fora (MG), Caxias do Sul (RS) e Campos de Goytacazes (RJ) – confira a lista completa abaixo.

Podem solicitar a instalação da antena digital as famílias de baixa renda inscritas em programas sociais do governo federal (CadÚnico) e que utilizem a parabólica tradicional como forma de assistir à TV. Além disso, a parabólica deve estar em pleno funcionamento.

Segundo a Siga Antenado, a previsão é de que 19,2 mil famílias de 54 cidades da região de Belo Horizonte solicitem a substituição do equipamento. Para Juiz de Fora e outras três cidades, a expectativa é de 41,9 mil pedidos de troca. Os kits instalados em Caxias do Sul e região devem chegar a 17 mil, enquanto 25 mil solicitações são esperadas para Campos de Goytacazes e cidades ao redor.

O presidente da Siga Antenado, Leandro Guerra, informou que as projeções foram feitas com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e do Cadastro Único.

A Siga Antenado é o nome fantasia da Entidade Administradora da Faixa (EAF) de 3,5 Ghz. Composta por Claro, TIM e Vivo, foi criada por determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para viabilizar a implantação da tecnologia 5G no Brasil. Sendo assim, a entidade atua para apoiar a população no processo de migração da transmissão de sinal dos canais de TV abertos via parabólica.

Em breve, o sinal transmitido para as parabólicas tradicionais será interrompido, uma vez que o 5G Standalone (o chamado “5G puro”) opera na mesma frequência (Banda C) que essas antenas. Para não ficar sem sinal, as famílias precisam trocar as parabólicas convencionais por modelos digitais, que operam em outras faixa (Banda Ku).

“O receptor que instalamos se conecta em qualquer tipo de TV, das mais modernas às de tubo. Em qualquer caso, as pessoas vão perceber uma melhora significativa de som e imagem”, afirmou Guerra, em coletiva de imprensa, nesta terça-feira, 13.

Segundo o presidente da Siga Antenado, o custo dos kits e da instalação varia de R$ 400 a R$ 1 mil, conforme a região do País. As famílias contempladas pela iniciativa podem solicitar o serviço gratuitamente.

A entidade informou que, até o momento, mais de 10 mil parabólicas tradicionais foram substituídas por digitais no País.

Confira, a seguir, as cidades que tiveram o agendamento aberto.

Belo Horizonte e região: Arinos, Baldim, Barão de Cocais, Belo Horizonte, Belo Vale, Betim, Bom Jesus do Amparo, Bonfim, Brumadinho, Buritis, Cabeceira Grande, Caeté, Capim Branco, Confins, Contagem, Esmeraldas, Florestal, Fortuna de Minas, Funilândia, Ibirité, Igarapé, Inhaúma, Itabirito, Itaguara, Itatiaiuçu, Itaúna, Jaboticatubas, Juatuba, Lagoa Santa, Mário Campos, Mateus Leme, Matozinhos, Moeda, Nova Lima, Pará de Minas, Pedro Leopoldo, Prudente de Morais, Raposos, Ribeirão das Neves, Rio Acima, Rio Manso, Sabará, Santa Bárbara, Santa Bárbara do Leste, São Gonçalo do Rio Abaixo, São Joaquim de Bicas, São José da Lapa, São José da Varginha, Sarzedo, Sete Lagoas, Unaí e Vespasiano.

Juiz de Fora e região: Chácara, Coronel Pacheco, Juiz de Fora e Matias Barbosa.

Caxias do Sul e região: Caxias do Sul, Farroupilha, Flores da Cunha e São Marcos.

Campos dos Goytacazes e região: Bom Jesus do Itabapoana, Campos de Goytacazes, Cardoso Moreira, Quissamã e São João da Barra.

Como solicitar a troca da parabólica

• Entre em contato com a Siga Antenado pelo site ou pelo telefone 0800 729 2404.

• Preencha o formulário com o NIS ou o CPF.

• Se a família estiver inscrita em programas sociais do governo federal, poderá seguir com o filtro de critérios.

• A instalação será agendada para dia e horário convenientes ao beneficiário.

• No dia, o técnico fará uma vistoria. Se a parabólica tradicional estiver instalada e em funcionamento, o kit gratuito da parabólica digital será instalado.

Avatar photo

Eduardo Vasconcelos

Jornalista e Economista

Artigos: 853