Banco do Brasil terá 5G de Claro e Embratel

Pelo acordo, Claro, Embratel e Banco do Brasil vão desenvolver novas aplicações em conjunto que se beneficiam da conectividade e serão oferecidas aos clientes corporativos

Sede do Banco do Brasil - Crédito: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A Claro e a Embratel vão fornecer sinal 5G para o Banco do Brasil, a começar pela sede da instituição, em Brasília. Mas o acordo não é apenas de fornecimento, e sim de parceria. Haverá o desenvolvimento conjunto de novas aplicações de atendimento, segurança e processos internos do banco, assim como a cocriação de soluções  que poderão ser incorporadas à oferta de produtos pelas empresas.

O 5G está sendo utilizado no Lentes BB, programa corporativo do Banco do Brasil que viabiliza projetos inovadores para que se tornem reais, promovendo seu propósito por meio de uma estrutura que conecta pessoas, desenvolve competências e habilita novos modelos de negócio.

A iniciativa prevê a exploração e a disseminação de tendências tecnológicas para realizar experimentações e o fomento de inovação para criar novos modelos de negócio, melhores experiências e mais eficiência nas operações.

O banco poderá fazer uso da estrutura 5G implementada com novas aplicações em diversos segmentos como agronegócio, Smart Cities, indústria, educação, entre outros, em um ecossistema em conjunto com o hub de inovação beOn Claro e com a Embratel. O acordo visa realizar oficinas, eventos e capacitações com foco em 5G para colaboradores envolvidos nas ações.

A rede standalone instalada e habilitada pela Embratel na sede do banco opera na faixa de 3,5 GHz, frequência que a Claro já ativou em Brasília. “O propósito da parceria é não só avaliar o desempenho de aplicações 5G, mas buscar oportunidades de forma colaborativa para modernização de atividades em diversos setores da economia, em serviços nos quais características como baixa latência, alta confiabilidade e grande capacidade de processamento de dados criem diferenciais para viabilizar novas experiências para o cliente”, afirma Rodrigo Duclos, diretor de Inovação Digital da Claro e fundador do beOn Claro.

A parceria com o Banco do Brasil irá contribuir para que produtos e serviços da Embratel sejam oferecidos de forma ampla também para outros clientes empresariais da instituição financeira.

“A parceria com o Banco do Brasil, cliente de longa data da Embratel, irá possibilitar a realização de diversos casos de uso, especialmente com Inteligência Artificial, para otimizar processos, monitoramentos e criar soluções para clientes do banco e da Embratel”, afirma Maria Teresa Lima, Diretora-Executiva da Embratel para Governo.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10387