Projeto contra limite na franquia de internet não é votado e perde a urgência

O PL 174 do Senado, que tramitava rápido, volta agora a ter o rito igual a de milhares de outros projetos.

congressoO Projeto de Lei 174/2016, do senador José Fogaça (PSDB/ES), que avançava como um foguete no Senado Federal (foi apresentado no dia 5 de julho, e seria votado hoje pela Comissão de Ciência e Tecnologia em caráter terminativo, indo direto para a Câmara dos Deputados), caiu do espaço.

Por falta de quórum, a reunião de hoje da comissão não deliberou sobre o PL, embora logo depois o quórum apareceu para votar outros projetos. E o senador Cristóvan Buarque (PPS/DF) manifestou a intenção de pedir para o projeto tramitar também na comissão de Economia, retirando, assim, o rito sumário dessa proposta.

Este PL, assim como muitos outros apresentados na Câmara e no Senado querem a proibição de limite na franquia da internet fixa.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10568