CPQD e AgTech Garage selecionam startups para projetos de agronegócio sustentável

Propostas serão apresentadas na quarta-feira, 30; projetos selecionados devem ser anunciados em dezembro, para início das atividades em 2023
CPQD e AgTech Garage selecionam startups de agronegócio
Projetos voltados ao agronegócio serão selecionados por CPQD e AgTech Garage(crédito: Freepik)

O Cento de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPQD) e o hub de inovação AgTech Garage vão selecionar três startups para projetos com foco em sustentabilidade socioambiental para o setor de agronegócio.

O Match Connect Agtech ESG, como a iniciativa é chamada, deve apoiar empreendimentos nas áreas de conservação florestal e biodiversidade, produção sustentável e de créditos de carbono.

As propostas serão apresentadas nesta quarta-feira, 30. A expectativa é de que os selecionados sejam anunciados ainda em dezembro, para início dos projetos em 2023.

“Essa é a nossa primeira iniciativa de inovação aberta destinada a fomentar e acelerar diretamente agtechs que têm seus negócios centrados na sustentabilidade socioambiental do agronegócio, com base no uso de soluções tecnológicas inovadoras”, destaca, em nota, Fabricio Lira Figueiredo, gerente de Desenvolvimento de Negócios em Agronegócio Inteligente do CPQD.

Segundo Figueiredo, o objetivo do Match Connect Agtech ESG é promover o desenvolvimento de novas soluções com foco em monitoramento do desmatamento ilegal e da biodiversidade, em agricultura digital com ênfase em sistemas agroflorestais, na monetização de ativos digitais (para incentivar a redução do desmatamento ilegal), na rastreabilidade nas cadeias de grãos, pecuária e madeira e, ainda, na detecção e combate a incêndios em florestas.

Para o desenvolvimento dos MVPs (produtos mínimos viáveis), as startups selecionadas contarão com a parceria da Unidade EMBRAPII CPQD, que aportará ativos tecnológicos, recursos humanos e de infraestrutura. A contrapartida financeira das empresas deve variar de 10% a 30% do valor do projeto.

Entre os componentes tecnológicos fornecidos pelo CPQD, destacam-se as plataformas abertas dojot (para aplicações de Internet das Coisas), PlatIA (de Inteligência Artificial) e Plataforma Blockchain, além de soluções de Interação Inteligente e APIs com foco no agronegócio.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10578