Vivensis passa a fornecer parabólicas e receptores para Siga Antenado

Equipamentos serão usados na migração da banda C para Ku, parte das etapas para liberação da faixa do 5G.

Vivensis passa a fornecer parabólicas e receptores para Siga Antenado

A Vivensis, fabricante e distribuidora de equipamentos de telecomunicação, anunciou nesta sexta-feira, 10, a ampliação da parceria com a Siga Antenado, Entidade Administradora da Faixa (EAF), responsável pela limpeza da faixa de 3,5 GHz, destinada ao 5G. A empresa passa a fornecer novas parabólicas e receptores para a troca dos equipamentos das famílias de baixa renda.

A substituição é necessária para quem utiliza aparelhos de banda C, pois terão interferências quando a tecnologia móvel for ativada. Por isso, a Siga Antenado é a responsável pela migração da transmissão a este grupo com equipamentos de banda Ku (saiba mais abaixo).

A meta da Vivensis é atender 25% do total de domicílios brasileiros que precisarão trocar seus equipamentos de recepção via satélite.

Entre os equipamentos fornecidos está o receptor VX10, que possui tecnologia de compressão de vídeo H265 e decodificação DVBS2X, que possibilita imagem alta definição (full HD). O aparelho foi homologado pelo laboratório da Universidade Mackenzie.

Já as antenas atendem os critérios da Sat HD, banda Ku e TV por assinatura, feitas de chapas de aço galvanizadas com tratamento anticorrosivo e pintura eletrostática a pó.

A Vivensis destaca que a frequência Ku permite uma oferta maior de emissoras, com uma grade maior e mais diversificada de canais, comparada à grade da banda C, que hoje oferece de 27 a 30 canais.

Migração

A distribuição e instalação é gratuita para inscritos do CadÚnico que estejam usando a parabólica na banda C. A solicitação pode ser feita por meio do site da Siga Antenado ou pelo telefone 0800 729 2404.

No final de fevereiro, a Siga Antenado iniciou a terceira fase do procedimento de limpeza da faixa do 3,5 GHz. Nesta etapa, as distribuições ocorrem em mais 439 cidades, com previsão de alcançar 1,5 milhão de famílias.

Até 24 de fevereiro, houve 13.329 instalações de parabólicas nas capitais e 51.612 nas cidades com mais de 500 mil habitantes.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10491