Real Digital e alternativas de crédito são temas do Digital Money Meeting

Evento acontece dia 12 de abril, em São Paulo, promovido pelo portal Tele.Síntese

Crédito: Freepik

As novas diretrizes para emissão do Real Digital, finanças descentralizadas (DeFi), banking as a service, alternativas de crédito e Open Finance, que já atinge mais de 15 milhões de clientes, serão alguns dos temas debatidos no Digital Money Meeting, que acontece no dia 12 de abril, em São Paulo. O evento é mais uma promoção do Tele.Síntese e pode ser acompanhado também remotamente.

No painel sobre Banking as a service e Inteligência Artificial, o foco será debater as tecnologias que estão mudando os serviços do sistema financeiro. O entendimento é de que a análise do risco é a base para a concessão do crédito e para a oferta de diferentes serviços financeiros. É também o que define o spread, ou quanto vai custar o financiamento.

Com as novas tecnologias disponíveis, como Inteligência Artificial e Banking As a Service, as fintechs e grandes bancos passam a ganhar agilidade e oferecer melhores produtos aos clientes.

Já confirmara presença nesse debate Danilo Clemente Coelho, diretor de Crédito e Cobrança do Banco Inter; Pedro Bramont, diretor de Negócios Digitais & Open Finance do Banco do Brasil; Matheus Neto, gerente de Soluções de Hardware da Diebold Nixdorf e Thiago Zaninotti , CTO da Celcoin. Elias Sfeir, presidente Executivo da Associação Nacional dos Bureaus de Crédito (ANBC) mediará a troca de ideias.

No segundo painel, sobre Real Digital, Tokenização e Criptomoedas o debate será sobre o avanço do Real Digital (CBDC), que já conta com testes iniciais no LIFT Challenge, o laboratório de execução de projetos de uso da futura moeda digital. Ao mesmo tempo, as criptomoedas, tanto no Brasil como no restante do mundo, continuam com grande volatilidade. A nova legislação aprovada no Brasil tem quais impactos no segmento? 

Para opinar sobre esses temas foram convidados e já confirmaram presença André Costa, CEO da Use Telecom; Boaventura Davila, diretor para o setor de Serviços Financeiros da Accenture e Fabricio Tota, diretor de novos negócios do Mercado Bitcoin. José Luiz Rodrigues, Sócio titular da JLRodrigues & Consultores Associados  Presidente do Conselho da ABFintechs vai mediar os debates.

Crédito

O terceiro painel do Digital Money Meeting vai tratar das alternativas do crédito a partir do Open Finance. As muitas possibilidades que o Open Finance oferecem não trazem somente oportunidades para a oferta de novos produtos, mas favorecem o aprimoramento dos que já existem. O que os grandes bancos e as fintechs estão fazendo nesse sentido? Já desenvolveram novos produtos com foco nas necessidades dos clientes, tanto pessoas físicas como jurídicas?

Para responder a esses questionamentos foi convidado Márcio Alexandre, superintende de Arquitetura e Governança de TI do Sicoob. Representantes do Serasa e Singia também vão compor essa mesa.
No painel sobre 5G e Sistema Financeiro, operadoras vão apresentar os resultados de projetos pilotos de ultraconectividade das agências bancárias. Como pretende Mauricio Santos, diretor Executivo de Serviços Financeiros da Claro e Claro Pay.

O último painel vai apontar as transformações no mercado de seguros.
O Open Finance abre uma enorme janela de oportunidade para o segmento de seguros. Insurtechs, open insurance e sandbox regulatório transformam a relação entre empresas e consumidores. O que já está no mercado e o que vem por aí.

Para debater esse tema  Bruno Alves, diretor de Estratégia e Tecnologia da BB Seguros; Gustavo Leança, líder de Soluções para Seguros na Capgemini Brasil; Tatiany Martins, diretora comercial da Pitzi e Ricardo Saponara, líder da Prática de Prevenção à Fraudes, Abusos, Desperdícios e Crimes Financeiros para a região Américas do SAS já confirmaram participação.
O Digital Money Meeting será realizado no Hotel Meliá Ibirapuera e as inscrições poderão ser feitas aqui.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10588