Vero tem alta de 82% na receita, mas lucro cai no terceiro trimestre

Operadora regional Vero apresentou alta de 82,2% nas receitas operacionais, mas lucro diminuiu 43%, para R$ 6 milhões, no terceiro trimestre

freepik

A Vero Internet divulgou hoje, 11, os resultado financeiro do terceiro trimestre de 2022, no qual registrou lucro ajustado de R$ 6,33 milhões, queda de 43,2% em relação à cifra do mesmo período de 2021. A rubrica foi impactada pelo aumento de custos e despesas operacionais, relacionadas à expansão da rede própria e por fusões.

A receita operacional líquida atingiu R$ 185,8 milhões, um aumento de 82,2% em relação ao 3T21. O EBITDA Ajustado, que exclui os desembolsos não recorrentes de atividades de aquisições e plano de ações, foi de R$ 96 milhões, contra R$ 46 milhões no 3TRI21, representando um crescimento de 108,8%, com margem EBITDA de 51,7%. Tal aumento é explicado pelas aquisições realizadas em 2022 e pelo crescimento da base de clientes de forma orgânica.

No consolidado de 2022 (janeiro a setembro), os investimentos da Vero totalizaram R$ 425,5 milhões, sendo R$ 208,2 milhões, ou 48,9% do total, relacionados a atividades de M&A e integrações. Enquanto que os investimentos orgânicos das linhas de imobilizado e intangível em conjunto cresceram 64,9% e atingiram R$ 217,3 milhões.

“Encerramos o período em 200 cidades e 721,7 mil clientes, com uma extensa rede de cobertura que abrange 2,7 milhões de Homes Passed (HP – quantidade de domicílios que estão cobertos pela rede de FTTH da Vero) uma expansão geográfica de 74,8% em comparação ao mesmo período do ano anterior”, diz Fabiano Ferreira, CEO da Vero Internet.

O potencial de mercado endereçável também cresceu, afirma o executivo, com 4,5 milhões de Addressable Homes Passed (AHP – quantidade total de domicílios das cidades em que a companhia está presente), incluindo domicílios e empresas. Essa métrica se refere ao potencial de expansão das redes nos mercados onde a Vero tem presença.

“Nesse trimestre, a extensão da Rede Vero totalizou 29,6 mil km, combinando mais de 20,9 mil km de fibra óptica e 8,8 mil km de backbone, uma cobertura singular para continuar acelerando o crescimento da Companhia”, afirma.

No 3T22, o ARPU foi de R$ 94,47, um incremento expressivo de 12,1% em comparação ao 3T21. “De janeiro até o momento, também iniciamos operação em 12 cidades, sendo oito de Minas Gerais e quatro no Rio Grande do Sul. As adições líquidas orgânicas atingiram 22,5 mil assinantes, ou uma média de 7,5 mil novos clientes por mês, o que representa 12,2% de crescimento em relação ao mesmo período do ano passado”, acrescenta Ferreira.

Ainda no período, a Vero assinou parceria comercial com a FiBrasil para o compartilhamento da rede neutra. Na prática, a Vero irá explorar a infraestrutura já construída pela FiBrasil, utilizando-a como extensão de sua cobertura atual.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4086