Segurança dos EUA pede que usuários Windows desinstalem QuickTime

O fato de a Apple ter decidido não dar mais suporte ao reprodutor de vídeo para ambiente Windows, tornou o aplicativo vulnerável aos ciberataques.

shutterstock_ AdStock RF_internet_seguranca_virusO Departamento de Segurança dos EUA lançou hoje (15) um aviso recomendado aos usuários de Windows que deixem de utilizar, ou desinstalem, o QuickTime, reprodutor de vídeo da Apple. Isso porque a Apple decidiu não dar mais suporte ao aplicativo nos sistemas Windows. “Isto deixa o software QuickTime vulnerável e exposto aos perigos da cibersegurança, como vírus, ataques maliciosos e perda de dados”,diz o informe da instituição estadunidense.

Já a versão do QuickTime para o sistema Mac OS X., dos computadores Apple, não foi afetada, pois a Apple mantém o suporte ao aplicativo, adotado pela maioria dos seus usuários. A explicação da empresa para abandonar o desenvolvimento para o mundo Windows é a redução da participação de mercado do QuickTime nesse ambiente, onde está sendo substituído por VCL e KMPlayer, capazes de reproduzir mais formatos de vídeo. (Com noticiário internacional)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10506