HPE entra no mercado da inteligência artificial em nuvem

Tecnologia da HPE cria inteligência artificial privada sob demanda, na nuvem, treinada com dados exclusivos das empresas que contratam o serviço e com uso de rede global de supercomputadores.
Antonio Neri, presidente da HPE
Antonio Neri, presidente da HPE, anuncia entrada da empresa no mercado de inteligência artificial sob demanda, acessível por nuvem pública (Foto: Divulgação)

A fabricante de soluções para data centers de redes corporativas HPE anunciou hoje, 20, sua entrada no segmento de inteligência artificial em nuvem. Diferente do que fazem OpenAI ou Google, sua plataforma será acessível apenas no mercado B2B, treinada caso a caso somente com os dados da empresa contratante, não haverá compartilhamento do aprendizado com dados das contratantes.

Com a restrição ao treinamento baseado em dados exclusivos de cada empresas, a ferramenta atende a uma preocupação crescente em relação ao risco de vazamento de segredos industriais. Mas como será preciso processar grandes volumes de dados rapidamente a cada novo usuário, será preciso ter acesso a grande poder de processamento.

A HPE resolveu isso atrelando o serviço de IA com sua rede federada de supercomputadores, espalhadas pelo mundo, reduzindo o tempo de treinamento da inteligência e entrega de “insights”, garante a empresa.

O primeiro produto, um LLM (modelo de linguagem de grande escala, em tradução livre), que compreende a língua utilizada. Ficará disponível para uso por empresas da América do Norte ainda este ano, e a partir de 2024, na Europa. Não há ainda previsão de lançamento no Brasil, nem de modelo em Português.

Trata-se de um movimento estratégico para a empresa, que procura converter cada vez mais suas soluções para o modelo de assinatura. Atualmente, a plataforma de rede privada Greenlake, que reúne soluções para processamento de dados na borda da rede, está disponível para utilização apenas nos servidores das empresas contratantes.

O novo produto também pode ser integrado a sistemas de nuvem híbrida, utilizando dados das empresas hospedados em servidores mundo a fora. Isso, falou Antonio Neri, promove a geração de inteligência mais afinada com a estratégia global de multinacionais, por exemplo, ou de empresas locais com big data espalhado em diferentes unidades de processamento de dados em um país.

A tecnologia é mais bem preparada para gerar modelos climáticos, de sistemas de saúde e ciências humanas, serviços financeiros, manufatura e transportes. E roda dados nas línguas Inglês, Francês, Espanhol, Alemão, Italiano. Sem previsão, ainda, de lançamento no Brasil e em Português.

“Chegamos a um momento de guinada de geração no mercado de IA que é tão transformador quanto foi a chegada da internet, do celular e da nuvem”, falou. E completou: “A HPE está fazendo da IA, antes domínio de laboratórios governamentais e de gigantes da nuvem, em algo acessível por meio de várias aplicações, a começar por modelos de linguagem baseados em supercomputação”.

A expectativa do CEO é que o modelo sob demanda de uso da IA torne a tecnologia acessível a empresas de todos os portes, de startups às gigantes multinacionais de capital aberto.

Rede como serviço

Outra novidade apresentada por Neri no evento HPE Discover 2023, que acontece nesta semana em Las Vegas*, é a expansão do portfólio de produtos de rede como serviço (Network as a Service), comercializado pela divisão HPE Aruba Networking.

A companhia anunciou produtos para data centers privados, como switches que passam a ser fornecidos sob assinatura em conjunto com a plataforma Greenlake de criação de nuvem privada. A empresa lança ainda este ano os pacotes de assinatura, com contratos de 3 a 5 anos e pagamentos mensais. Os pacotes incluem hardware, licenças e softwares (HPE Aruba Networking Central, Customer Experience Management).

Outra novidade da divisão é a solução de criação de nuvem privada que, segundo a empresa, permite ao cliente “criar nuvens privadas sob demanda”. A plataforma utiliza máquinas virtuais com tecnologia VMWare.

*O jornalista viajou Las Vegas a Convite da HPE Aruba Networking

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4159