Governo quer transformar o país num hub de data centers

MDIC faz diagnóstico para elaborar política nacional com o objetivo de ampliar a oferta interna e transformar o país num hub exportador dos serviços para os vizinhos da América do Sul.
Grande Data Center - Foto: Freepik
Foto: Freepik

O Governo quer transformar o país em um hub de data centers globais. O Brasil já é o principal mercado de data centers da América Latina, reunindo 17 provedores em 44 instalações, conforme demonstra um estudo inédito sobre o desenvolvimento de data centers realizado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). O diagnóstico servirá de base para a elaboração de uma política nacional com o objetivo de ampliar a oferta interna e transformar o país num hub exportador desse tipo de serviço para os vizinhos da América do Sul.

De acordo com o diagnóstico, os setores que mais demandam os serviços de armazenamento são os de alimentos e bebidas (13,7%), comércio varejista e agropecuária (ambos com 9,8%), veículos e peças (7,8%) e TI e telecom (5,9%). Estima-se que o tráfego digital dê um grande salto com a disseminação de novas tecnologias, como internet das coisas e inteligência artificial. No caso do Brasil, a retomada do crescimento econômico também deverá contribuir para a elevação do consumo de dados – daí a necessidade de se pensar em estratégias de ampliação do setor, aponta o MDIC.

A iniciativa do governo vai movimentar o setor privado e exigir investimentos em capacitação de mão de obra. Muitas empresas já desenvolvem programas para formar profissionais, caso por exemplo da Huawei. Por meio de seu Programa de Canais de Data Center, voltado para seus parceiros, oferece a plataforma Data Center Facility. O programa conta com três níveis: básico, profissional e expert, e  para cada certificação alcançada, a empresa oferece benefícios para realizar os próximos níveis. As certificações são divididas em três categorias: Smart Power, Smart Cooling e Smart Modular Data Center. A Huawei planeja focar no desenvolvimento dos parceiros com esse novo programa, promovendo o avanço tecnológico no Brasil.

A Huawei tem planos ambiciosos para a sua divisão de data centers no país para os próximos anos. A fabricante, que já tem forte presença nas redes de telecomunicações, projeta chegar ao top 3 do mercado de infraestrutura para centros de dados no prazo de três anos.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10596