Globalstar contrata SpaceX para lançar satélites para serviço de emergência da Apple

Acordo de US$ 64 milhões prevê que artefatos sejam lançados ao espaço em 2025; pagamentos serão feitos de forma escalonada, com a Apple cobrindo 95% das despesas, incluindo os custos de lançamento
Globalstar fecha contrato com SpaceX para lançar satélites do serviço de emergência da Apple
SpaceX deve lançar os satélites em 2025; Globalstar provê a conectividade via satélite para o serviço SOS da Apple (crédito: Freepik)

A Globalstar, parceria da Apple no serviço de emergência via satélite para smartphones da linha iPhone 14, assinou um contrato com a SpaceX, de Elon Musk, para lançar ao espaço novos equipamentos de órbita baixa da Terra (LEO, na sigla em inglês). Os pagamentos devem somar US$ 64 milhões (aproximadamente R$ 316 milhões).

Segundo o documento registrado na SEC, órgão norte-americano equivalente à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) no Brasil, a previsão é de que os satélites sejam lançados em 2025. Até lá, os pagamentos serão feitos de forma escalonada.

A Globalstar destacou que o montante destinado ao investimento contará com aportes da Apple.

“Conforme divulgado anteriormente, a Parceira [Apple] concordou em fazer certos pagamentos à Empresa por 95% das despesas de capital aprovadas que fizer em conexão com os novos satélites, incluindo esses custos de lançamento”, informou, no mesmo documento.

Além disso, a big tech emprestará US$ 252 milhões (R$ 1,24 bilhão) à operadora de satélites para financiar os custos iniciais da operação. Em contrapartida, a Apple terá à sua disposição 85% da capacidade da nova rede satelital.

Vale lembrar que, no fim do ano passado, a Apple lançou o serviço de emergência via satélite para todos os modelos da família iPhone 14. O Emergency SOS, como o recurso é chamado, permite o envio de mensagens de socorro por meio de sinal de satélite quando o usuário está em áreas em que não há cobertura móvel ou WiFi.

Inicialmente, em novembro de 2022, a função foi lançada nos Estados Unidos e no Canadá. No mês seguinte, foi estendida para seletos países da Europa. Ao longo deste ano, vem sendo disponibilizada em mais países europeus, além de Austrália e Nova Zelândia.

Novo CEO

Na semana passada, a Globalstar anunciou Paul Jacobs como seu novo CEO. O executivo se notabiliza por ter sido CEO da Qualcomm e fundador da XCOM Labs.

Avatar photo

Eduardo Vasconcelos

Jornalista e Economista

Artigos: 853