Amazon vai capacitar empresário paulista para o e-commerce dos EUA

Workshops vão mostrar aos empresários paulistas como é feito o acesso ao mercado dos EUA a partir da conta da Amazon local.
Amazon vai capacitar empresário paulista para o e-commerce dos EUA - Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

A Amazon fez parceria com a InvestSP, agência paulista de investimentos, para oferecer treinamento a pequenas empresas de São Paulo interessadas em vender seus produtos no exterior através do e-commerce. O alvo é o mercado dos EUA.

O termo prevê a participação de especialistas da Amazon Brasil e do programa Exporta SP, do Governo do Estado. Os empreendedores selecionados pelo programa receberão treinamento e suporte personalizados para venderem seus produtos para o exterior via e-commerce, pelo Programa de Vendas Internacionais da Amazon.

Criado pela InvestSP e pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado de São Paulo, o programa Exporta SP oferece uma capacitação gratuita para que micro, pequenas e médias empresas, de qualquer região paulista e de qualquer setor, consigam acessar o mercado internacional.

Os wokshops para empreendedores, que serão conduzidos por especialistas da Amazon, vão mostrar como se conecta à plataforma da empresa e como é feito o acesso ao mercado americano a partir da conta da Amazon local.

O curso é online, tem duração de quatro meses e os empreendedores ainda contam com suporte de especialistas por até dois anos. Em média uma em cada quatro empresas começa a exportar já durante a capacitação.

Já o Programa de Vendas Internacionais da Amazon é a oportunidade para as empresas brasileiras expandirem seus negócios para os EUA, alcançando milhões de novos clientes. Com esse programa, os vendedores parceiros qualificados contam com uma série de benefícios, como suporte nas ferramentas de venda e promoção de seus produtos.

Vendedores podem se beneficiar da logística da Amazon nos EUA, além de acessar uma rede de prestadores de serviços credenciados para serviços que não são prestados diretamente pela própria Amazon, como Logística Internacional. Essas facilidades permitem que a pequena empresa consiga exportar mesmo sem ter uma unidade ou um representante fora do país.

“Os pequenos negócios têm um papel fundamental na economia brasileira e respondem por mais de 70% das novas vagas de trabalho no país. Por isso, ao fortalecer as ações de capacitação da InvestSP e abrir espaço para os produtos de São Paulo lá fora, a colaboração com a Amazon deve ter impacto direto na geração de emprego e renda, além de aumentar o nível de competitividade das empresas paulistas”, diz o presidente da InvestSP, Antonio Imbassahy.

“O apoio ao desenvolvimento de negócio das pequenas e médias empresas no Brasil é parte do compromisso e foco estratégico da Amazon no Brasil. Vender na Amazon – inclusive internacionalmente – é muito fácil, estendendo aos nossos vendedores parceiros a mesma obsessão que temos por nossos clientes, e aprofundamos isso com a colaboração com a InvestSP”, afirma Ricardo Garrido, Diretor da Loja de Vendedores Parceiros da Amazon Brasil.

O Exporta SP, que está na 4ª turma, já formou cerca de 500 empresas – número que deve subir para 1,2 mil nos próximos meses – de várias regiões do estado e de setores como agronegócio, alimentos e bebidas, máquinas e equipamentos e vestuário. Além de aulas coletivas, o programa conta com mentorias individuais, com a participação de especialistas da FIA (Fundação Instituto de Administração), e com a possibilidade de as empresas participarem de rodadas internacionais de negócios.

(com assessoria)

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1785