Compras de TI estarão discriminadas no orçamento da União no próximo ano

Segundo o secretário de TI do Ministério do Planejamento, Marcelo Pagotti, a partir do próximo ano, haverá rubricas distintas no orçamento da União para gastos com hardware e software.

computadores

A Administração Pública Federal gasta entre R$ 5 a R$ 7 bilhões por ano com produtos e serviços de tecnologia da informação, afirma o secretário de Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento, Marcelo Pagotti,

Mas esse importante montante de compras fica disperso em diferentes rubricas orçamentárias de cada um dos ministérios e autarquias do governo federal, o que dificulta o planejamento para as compras centralizadas ou mesmo definição de estratégias de aquisição.

Segundo o secretário, a partir do orçamento do próximo ano, o orçamento da União já virá com rubricas específicas para os gastos em TI, tanto para o hardware como para o software. ” Os números ficarão bem mais transparentes”, afirmou ao Tele.Síntese

Avatar photo

Miriam Aquino

Jornalista há mais de 30 anos, é diretora da Momento Editorial e responsável pela sucursal de Brasília. Especializou-se nas áreas de telecomunicações e de Tecnologia da Informação, e tem ampla experiência no acompanhamento de políticas públicas e dos assuntos regulatórios.
[email protected]

Artigos: 2193