Campelo se despede da Anatel: ‘missão cumprida’, diz

De 2017 a 2022, conselheiro relatou 725 processos, que somados a votos-vista chegam a 781. Em sua última reunião ordinária, recebeu homenagens e aplausos.
Emmanoel Campelo se despede durante última reunião ordinária no Conselho Diretor da Anatel (Foto: Reprodução/Anatel)

Emmanoel Campelo realizou a última reunião ordinária de seu mandato na Anatel nesta quinta-feira, 3. Sob aplausos e homenagens dos colegas do Conselho Diretor, ele fez um balanço de sua atuação.

“Eu fiz a opção de trabalhar para a melhoria do setor através dos meios legais. Em razão do trabalho minucioso desenvolvido e a consciência de que as soluções sobrevieram pelos meios corretos, acredito que a missão confiada a mim foi dignamente cumprida”, afirmou.

O conselheiro destacou que o enxerga o setor de telecomunicações como “um mais complexos e dinâmicos da administração” e que para ele, “quem é selecionado para uma função dessa estirpe deve trabalhar em prol da sociedade e desempenhar com eficiência os objetivos próprios do cargo”. 

“Saio com um expressivo sentimento de gratidão aos conselheiros e a todos que fazem a agência pelas vivências e valores de cooperação e responsabilidade social que experimentei ao longo do enriquecedor tempo que aqui permaneci”, disse Campelo.

Legado

Emmanoel Campelo se despede durante última reunião ordinária no Conselho Diretor(Foto: Reprodução/Anatel)

De 2017 a 2022, Campelo relatou 725 processos, que somados ao votos em sede de vista chegam a 781. Entre os temas destacados por ele e por seus colegas estão as medidas de combate ao telemarketing abusivo e possibilidade de identificação de chamadas por parte dos consumidores, que teve complementação nesta última reunião.

O presidente da Anatel, Carlos Baigorri elogiou o colega e desejou prosperidade. “Eu acho que você podia estar em muitos outros lugares, lugares onde teria maior interesse particular, mas você sacrificou isso tudo em nome do interesse público, de estar aqui, em uma instituição do Estado, contribuindo com o seu tempo, com sua dedicação.  Todo o Brasil deve isso a você ”, disse. 

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10506