Cade recebe pedido de Claro, TIM e Vivo para análise da venda da Oi Móvel

Cade abre ato de concentração para analisar a venda da Oi Móvel para Claro, TIM e Vivo

Claro, Vivo e TIM deram entrada com o pedido de anuência junto ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para a aquisição do controle acionário da Oi Móvel. O ato de concentração foi publicado hoje,30, pelo Cade sob o título “Edital 149”. Já há um processo da Algar Telecom na agência anti-trust, que deu entrada durante o anúncio da venda para as três operadoras. Mas, agora, com o início da tramitação do processo já com o acordo de compra formalizado, é aberto o prazo para o pleito de novas entidades e empresas ingressarem na ação.

Na semana passada, as três operadoras e a Oi, que está vendendo o ativo, ingressaram na Anatel com o pedido de anuência prévia da operação. Na modelagem apresentada pelas empresas,  foram criadas três Sociedades de Propósito Específico (SPEs), sob controle da Oi – que representam cada integrante dos  proponentes. Tudo o que está sendo vendido – as frequências, a base de clientes e demais ativos da operação móvel – será transferido para cada SPE.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10693