Biden assina lei que proíbe FCC de homologar equipamentos Huawei

A lei exige que a FCC adote regras contra a aprovação ou revisão de equipamentos de telecom produzidas por empresas consideradas de risco

equipamentos

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, aprovou uma lei que proíbe a Comissão Federal de Comunicações (FCC) de aprovar quaisquer equipamentos produzidos por empresas consideradas um risco à segurança nacional. Aprovada ontem, 11, o mecanismo atinge as fornecedoras Huawei, ZTE, Hytera, Hikvision e Dahua Technology, identificadas pela agência como perigosas.

Mesmo antes da aprovação da lei, a FCC já havia buscado comentários sobre uma proposta de regulamento que proibiria a autorização de equipamentos de rede das empresas citadas. A Comissão também exige de pequenos provedores para participação no programa do governo de reembolso de equipamento, a retirada de todos os equipamentos das companhias de risco.

Recentemente, a agência ampliou o programa, passando a englobar todos os pequenos provedores.  Alguns deles anunciaram que pretendem substituir os rádio das chinesas. O provedor regional dos EUA, Viaero Wireless, utilizará equipamentos da Ericsson para instalação da 5G, enquanto o Union Wireless vai trabalhar com a Nokia. (Com assessoria de imprensa e agências internacionais)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10589