Biden sanciona incentivo para produção de semicondutores nos EUA

No mesmo dia da cerimônia que oficializou a lei conhecida como "Chips and Science", a Micron, uma das principais fabricantes do país, anunciou que vai investir R$ 40 bilhões no setor.

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, sancionou, nesta terça-feira, 9, a lei que destina subsídio bilionário para produção de semicondutores nos EUA, conhecida como “Chips and Science”. A norma prevê mais de 52 bilhões de dólares (aproximadamente, R$ 270 bilhões) em incentivos para empresas investirem no setor, além de 24 bilhões de dólares em crédito fiscal.

Nas redes sociais, Biden afirmou que a lei é um “esforço para fabricar semicondutores dentro de casa [nos EUA]”. Atualmente, a Ásia é a líder mundial no mercado, que tem alta demanda.

Produção de semicondutores

No mesmo dia da sanção dos incentivos à produção de semicondutores, a Micron, uma das principais fabricantes nos EUA, anunciou plano de investimento de R$ 40 bilhões nos próximos 10 anos.

A empresa afirma que o montante é “o maior investimento em memória já feito nos EUA” e atribuiu o feito à nova lei.

“Com a CHIPS and Science Act, a Micron agora pode avançar com confiança em direção a esse plano de investimento significativo e de longo prazo”, consta em nota publicada pela empresa nesta terça.

No comunicado, a empresa também destaca que apenas um em cada 50 chips utilizados nos Estados Unidos é fabricado internamente e a meta é produzir um em cada dez chips na próxima década.

“Isso tem profundas implicações na segurança nacional, pois garante uma cadeia de suprimentos segura “, completa a Micron na nota.

Qualcomm e Globalfoundries

Nesta segunda, 8, a Qualcomm e a GlobalFoundries anunciaram a extensão do contrato de longo prazo para garantir o fornecimento de semicondutores aos EUA até 2028. O anúncio foi feito em evento em Washington, capital dos Estados Unidos.

O acordo garante o fornecimento de wafer e os compromissos de apoiar a fabricação nos EUA por meio da expansão da capacidade de fabricação de semicondutores na fábrica da GlobalFoundries, em Malta, Nova York.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10596