Android: Google recorre contra multa bilionária da UE

A empresa entrou com recurso junto ao Tribunal Geral da UE contra multa por abuso de poder dominante

O Google, unidade da Alphabet, entrou com recurso nesta terça-feira, 9, junto ao Tribunal Geral da União Europeia contra a decisão dos reguladores antitruste da Comissão Europeia que há três meses lhe impuseram uma multa de 4,34 bilhões de euros por abuso de poder dominante com seu popular sistema operacional Android. A CE, braço executivo da União Europeia, disse que o Google abusou de seu domínio de mercado em 2011.

Entre as práticas abusivas impostas pelo Google, mencionadas pelas autoridades antitruste, estaria a obrigação de os fabricantes de smartphones pré-instalarem a Pesquisa do Google, seu navegador Google Chrome e a loja de aplicativos do Google Play junto com o sistema operacional Android. Havia alegações de que o Google também teria impedido que fabricantes usassem sistemas Android de outros desenvolvedores.

Em seu recurso, informou a empresa por e-mail, ela contesta as alegações e diz que o Android trouxe mais opções aos consumidores e não menos opções. O caso ainda não deve se encerrar tão cedo. (Com noticiário internacional)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10667