Anatel autoriza incorporação da Algar Multimídia pela Vogel Telecom

Licença de banda larga (SCM) da Algar Multimídia, que deixa de existir, foi consolidada à licença já detida pela Vogel

(crédito: Freepik)

Foi publicado hoje, 17, no Diário Oficial da União, o aval da Anatel à reorganização societária dentro do Grupo Algar. Pelos termos, a Algar Multimídia será incorporada pela Vogel Telecom.

Com a reorganização, a outorga de serviço de comunicação multimídia (SCM) da Algar Multimídia passa para a Vogel. As empresas têm 180 dias a partir de hoje para concluir a operação.

Esse não é o primeiro movimento de reestruturação societária na Algar desde que adquiriu a Vogel por R$ 600 milhões.  No começo deste ano, a Algar Soluções em TIC foi incorporada também pela Vogel. Na ocasião, a operadora mineira explicou: “a incorporação permitirá uma simplificação da estrutura societária, ao unificar duas empresas de prestação de serviço de comunicação de multimídia – SCM, além de sinergias operacionais e administrativas, com consequente geração de valor aos acionistas”.

Vogel foi criada em 2014 pelo fundo Pátria Investimentos, hoje dono da Winity, a partir da compra das operadoras regionais Avvio Telecom, Smart Brasil, SouthTech Telecom e Telbrax. Em 2021, o fundo vendeu a operadora para o Grupo Algar.

A simplificação em busca de sinergias é algo positivo para a Algar, que no segundo trimestre deste ano registrou alta de 994,8% no prejuízo em relação ao mesmo período de 2022, para R$ 32,8 milhões. O que se deveu a maior volume de amortização e depreciação e, principalmente, por maiores despesas financeiras. Sem estes fatores, não haveria prejuízo para a Algar Telecom no período. O EBITDA (lucro antes de juros, depreciações, amortizações e impostos) foi positivo em R$ 293,4 milhões, alta de 8%.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4210