Alloha Fibra vai unificar nove marcas em duas: Giga+ e Wire+

Alloha Fibra espera dobrar o número de clientes até 2025, obter ganho de 6 p.p de margem, atingir R$1 bi de EBITDA no próximo ano. E diz que seguirá comprando ISPs.

Lorival Luz, eB Capital e Alloha Fibra

Após um período em que realizou uma série de aquisições de empresas do mercado de internet de banda larga fixa, o Grupo Alloha Fibra realizou uma reestruturação societária, integrou sistemas e vai unificar nove marcas comerciais em duas: Giga+ e a Wire+.

Esse movimento foi realizado a partir de agosto, quando Lorival Luz, assumiu o posto de CEO. Com as mudanças, a Alloha Fibra se mantém como uma holding operacional, já registra aumento em suas margens. A empresa planeja dobrar até 2025 o número de assinantes, que hoje é de mais de 1,5 milhão de clientes em todo País, atingir R$ 1 bilhão de EBITDA (lucro antes de impostos, juros, depreciações e amortizações). Projeta de passar dos atuais 42% de margem EBITDA para cerca de 50% ao final do segundo trimestre. E seguirá comprando ISPs.

“Essa é uma mudança de patamar na jornada da Alloha Fibra, que demonstra nosso compromisso em aprimorar e otimizar as operações, entregando melhores experiências aos clientes e alto retorno aos acionistas. Nossa expectativa é sermos consolidadores nesse segmento e temos todo potencial para isso”, diz Luz.

Mudanças

Nessa reestruturação, a primeira e mais importante etapa foi realizada em 46 dias, com a conclusão do processo de “roll-up” dos acionistas minoritários, fortalecendo a estrutura acionária da Alloha Fibra e a tornando mais sólida. Esse movimento reduziu de 24 para 4 o número de empresas integrantes do grupo, sendo uma estratégia essencial para impulsionar os ganhos substanciais na gestão da Alloha Fibra. A eB Capital, gestora de investimentos alternativos, continua como principal acionista do grupo.

“Seremos uma empresa muito mais leve, ágil e dinâmica, focada no atendimento dos nossos clientes e conectada com eles e com as comunidades que atendemos”, comenta o CEO da Alloha Fibra.

Outra mudança significativa é a integração de todos os sistemas operacionais e de tecnologia de forma centralizada. Antes disso, a empresa operava com mais de 350 sistemas descentralizados, o que dificultava a comunicação e a eficiência.

Com a nova arquitetura, a Alloha Fibra reduzirá para menos de um terço o número de sistemas em uso, visando otimizar processos e recursos, bem como proporcionar uma experiência unificada aos assinantes. Isso agilizará o atendimento e a implementação de novas funcionalidades, resultando em tempos de resposta reduzidos para solicitações, como agendamentos e reparos, por exemplo.

Novas Unidades de Negócios

Em substituição ao modelo anterior, que tinha nove marcas comerciais em três polos regionais de atuação, o Grupo Alloha Fibra reorganizou o negócio em duas unidades: B2C, voltado para vendas diretas ao consumidor por meio da marca Giga+ Fibra; e B2B, com a Giga+ Empresas, que atenderá os clientes corporativos, operadoras e ISPs, e a Wire+, focada no B2B no Norte e Nordeste.

O executivo Alexandre Lovecchio vai liderar a frente de B2C, enquanto Fabio Abreu estará focado na vertical B2B, ambos reportando diretamente a Lorival Luz como vice-presidentes da Companhia.

A unidade B2C ampliará e diversificará ainda mais o portfólio de produtos e serviços, com mais digitalização e autosserviços no atendimento. No segmento B2B, o objetivo é reforçar a estrutura de redes e expandir nacionalmente.

A reestruturação vai extinguir as marcas Sumicity, Click Telecom, Univox Fibra, VIP Telecom, Niufibra, Ligue Telecom e Mob Telecom. Todas passam a ser Giga+ Fibra. Mas a  mudança não acontece de uma vez. Será feita de forma faseada, a ser concluída nos próximos 6 meses.

A nova formatação traz benefícios, segundo a empresa, como a simplificação da comunicação com os clientes e o fortalecimento da imagem no mercado.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10373