Ufinet conecta micro células 5G em SP e diz que vai às compras

Head de Engenharia da Ufinet diz que empresa não parou nas aquisições de Nettel e NB Telecom e que vai expandir rede para o interior do Brasil
Rede da Ufinet no Brasil
A rede atual da Ufinet no Brasil: empresa aposta no backhaul 5G e vai expandir para mais áreas

O head de engenharia da Ufinet, Rodrigo Pelosini, participou nesta segunda-feira, 25, do Furukawa Summit 2022, onde afirmou a jornalistas que a empresa trabalha na construção do backhaul 5G e que irá às compras nos próximos meses para ampliar sua rede óptica no Brasil.

Atualmente com 100 mil km de fibra instalada na América Latina e presença em São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, Pelosini avisou: “A Ufinet quer crescer orgânica e inorganicamente. Estamos olhando para comprar empresas de infraestrutura, para ampliar a presença em outras áreas do Brasil. Garanto que você ainda vai ouvir muito de Ufinet nos próximos anos”, falou.

O executivo, no entanto, não detalhou quais regiões prioritárias, nem o perfil dessas empresas de infraestrutura.

Se pode ser investimento na rede de algum provedor que pretenda realizar a separação estrutural de ativos ou fusão com quem já tem fibra apagada. Opções, há. No mercado ao menos dois provedores avaliam a venda de ativos de infraestrutura ou da operação inteira, como a Alloha Fibra, no Nordeste, e a Vero Telecom, no Sudeste e Sul, por exemplo.

5G

Pelosini também poupou detalhes a respeito da presença da empresa no 5G, mas disse que já fechou contratos para conectar micro células para operadoras na capital paulista. Não disse quais o ou os locais.

Afirmou, porém, que a Ufinet está investindo na construção de um backhaul 5G, que interliga as células às centrais onde estão o core da rede das operadoras. “Cada célula tem entre 8 e 15 antenas que precisam ser interligadas e às centrais”, explicou.

A empresa de rede neutra está negociando com as operadoras móveis contratos similares no Rio de Janeiro.

A Ufinet nasceu na Espanha 25 anos atrás e chegou em 2019 ao Brasil, com a aquisição da Nettel. Sua rede local conecta as regiões metropolitanas da Baixada Santista, São Paulo, Sorocaba, Campinas e Belo Horizonte. Tem também rede na Grande Rio, desde 2021, quando comprou a NB Telecom.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4089