TIM vai testar conexão direta entre celulares e satélites

A conexão direta entre celulares da TIM acontecerá com os satélites da empresa AST Spacemobile, e prevê uso de voz e dados 4G. Testes começam pelo Norte e pelo Nordeste.

Satélite da AST SpaceMobile

A TIM anunciou nesta segunda-feira, 23, acordo com a AST Space Mobile para testar conexão direta entre satélites e celulares. Segundo a operadora, a medida deve contribuir para legar 4G aos locais mais remotos do Brasil.

O instrumento firmado é um Memorando de Entendimento, que pode ou não evoluir para uma parceria comercial e lançamento de um produto final.

A AST Mobile é norte-americana e tem parcerias com fabricantes de equipamentos e detentores de tecnologia celular, como a Nokia. Vem construindo uma rede de banda larga móvel baseada no espaço e acessível diretamente por telefones celulares.

Segundo a TIM, celulares poderão acessar serviços de voz e dados 4G, em quase todo o território nacional.  Qualquer celular 4G funcionará, garante.

“A solução da AST SpaceMobile está sendo projetada para habilitar dispositivos móveis online onde a cobertura com torres de celular não existe e sem a necessidade de qualquer alteração no dispositivo celular do usuário”, diz a TIM.

A expectativa é que os primeiros testes técnicos sejam feitos pela operadora nas regiões Norte e Nordeste do Brasil ainda no primeiro semestre de 2023.

No mesmo período, devem acontecer as primeiras avaliações da solução planejada pela AST Space Mobile. Todo o processo está sujeito a uma variedade de fatores, incluindo a obtenção de aprovação regulatória.

“O acordo com a AST SpaceMobile complementa iniciativas importantes em curso para promover mais inclusão digital, pois permitirá à TIM levar 4G para áreas isoladas, distritos, vilas, estradas, resorts e pontos turísticos que hoje não são atendidos por outras operadoras”, diz Marco Di Costanzo, diretor de Desenvolvimento de Rede da TIM Brasil.

Até hoje, a TIM utilizava satélites apenas como backhaul de sua rede móvel. Ou seja, suas torres em locais sem acesso por fibra óptica trocavam dados diretamente com os satélites. O modelo foi batizado de Sky Coverage pela companhia, tem 1,3 mil sites atendidos dessa forma, utilizando satélites da Intelsat.

O contrato com da TIM de conexão direta de seus usuários 4G com os satélites da AST Mobile, diz a operadora, será usado para complementar essa iniciativa de levar celular a áreas remotas a partir de conexão espacial.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4096