Tendo na Claro Brasil maior cliente, Sitios Latinoamérica abre o capital

Sitios Latinoamérica é resultado de spin-off das torres móveis da América Móvil em 13 países, sendo que o Brasil contribuiu com 39% dos ativos e gera 46% das receitas. Negociação das ações da empresa na Bolsa Mexicana começa nesta quinta, 29. Empresa deu prejuízo em 2021.

Torres de telecomunicação (Crédito: Freepik)

A América Móvil divulgou o cronograma do spin-off das suas torres celulares. A partir de amanhã, os ativos da Sitios Latinoamérica deixam de fazer parte do grupo, tornando-se uma empresa independente, de capital aberto, com os mesmos sócios da holding. Também amanhã começam as negociações dos papeis da nova empresa na Bolsa Mexicana de Valores.

Os acionistas do grupo vão receber uma ação da Sitios Latinoamérica para cada ação que possuírem da América Móvil. Quem tiver American Depositary Receipts (ADS) obtidos na Bolsa de Nova York, também.

A decisão do montante de ações a serem distribuídas, como o spin-off seria conduzido e listagem na bolsa mexicana como empresa aberta foram votados e decididos pelos sócios da holding em setembro de 2021.

Acionistas que não forem considerados aptos a receber participação na nova empresa vão receber um pagamento em 7 de novembro.

A Sitios Latam é dona de torres de telecomunicações nos países: Argentina, Brasil, Chile, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico e Uruguai.

A empresa nasce com estimados R$ 25,6 bilhões em ativos, receitas de R$ 3,23 bilhões e prejuízo equivalente a R$ 292,72 milhões em 2021. O principal cliente da empresa são as operadoras da América Móvil nos países da América Latina, inclusive a Claro Brasil.

A Claro Brasil será a principal cliente, representando 46% das receitas. Em seguida vêm as operadoras da AMX na Argentina e no Chile, com 11%.

O spin-off permitirá que as torres sejam compartilhadas com outras operadoras e rentabilizadas.

39% dos sites reunidos na Sitios Latam vieram da Claro Brasil. O restante veio das operações nos países vizinhos. Ao todo, são 29.090 torres no portfólio inicialmente. Ainda este ano, e depois do spin-off, a empresa vai construir mais 900 sites, dos quais, 159 no Peru. A distribuição por país pode ser conferida abaixo:

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4089