Televisores e PCs puxam produção anual de 32% de equipamentos de informática e ópticos

De acordo com pesquisa do IBGE, entretanto, entre dezembro e janeiro, a produção desse segmento recuou 0,5%

A produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos recuou 0,5% entre dezembro do ano passado e janeiro de 2018. Mas na comparação anual, apresentou avanço de 32%, segundo pesquisa divulgada nesta terça-feira (6) pelo IBGE. Novamente televisores e computadores puxaram o crescimento desse segmento industrial.

De acordo com a pesquisa, nos últimos 12 meses, a produção de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos aumentou 20,1%. Outros produtos, como tablets e aparelhos de comutação para telefonia também contribuíram positivamente para o resultado alcançado.

Já a produção industrial nacional mostrou redução de 2,4% frente dezembro de 2017 (série com ajuste sazonal), interrompendo, assim, quatro meses de resultados positivos seguidos, que acumularam ganho de 4,3%. Essa foi a maior queda desde fevereiro de 2016 (-2,5%).

Em relação a janeiro de 2017, a indústria cresceu 5,7%, nona taxa positiva consecutiva e a mais acentuada desde abril de 2013 (9,8%).

No acumulado dos últimos doze meses, ao avançar 2,8% em janeiro de 2018, a produção industrial marcou o resultado positivo mais elevado desde junho de 2011 (3,6%) e prosseguiu com a trajetória ascendente iniciada em junho de 2016 (-9,7%).

O IBGE destaca que o recuo verificado nesse mês elimina parte do ganho de 4,3% acumulado nos últimos quatro meses de 2017. Com esses resultados, o setor industrial ainda encontra-se 15,8% abaixo do nível recorde alcançado em junho de 2013.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10596