Telefónica volta a pensar em IPO de sua operadora inglesa, a O2

A abertura do capital da operadora de celular inglesa tem como objetivo reduzir a dívida de US$ 53 bilhões do grupo

shutterstock_ isak55_economia_resultado_bolsa_de_valores

A Telefónica analisa abrir o capital de sua operadora de telefonia celular da Inglaterra, a O2, operação que poderia ocorrer até o final deste ano, informa a agência de notícias Bloomberg, que ouviu fontes da empresa.

A intenção seria vender ao público uma participação minoritária das ações, mas ainda não está descartada a procura por  um outro parceiro estratégico, diz a agência de notícias. A espanhola chegou a fechar negócio com a chinesa de Hong Kong Hutchison, que tem no país a  Three UK, mas a operação foi vetada pela agência reguladora da Comunidade Europeia.

A dívida da Telefónica é de cerca de  US$ 53 bilhões e a empresa continua buscando alternativas para cortá-la. (com agências internacionais).

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10387