SGDC 2 já tem grupo de trabalho

O governo já começa a estudar a viabilidade do lançamento do segundo satélite da Telebras

Com a decisão de ontem da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmen Lúcia, de derrubar a liminar que impedia a contratação da Viasat pela Telebras, o governo corre para implementar o programa Internet para Todos. Nesta quarta-feira, o ministro Gilberto Kassab e o presidente da estatal vão inaugurar a primeira escola conectada em Roraima, que tinha sido desligada por determinação da justiça de Manaus.

Em outra frente, informou hoje, 17, o secretário de Telecomunicações do MCTIC, André Borges, o governo já constituiu o grupo de trabalho que irá estudar a viabilidade do lançamento do segundo satélite SGDC. ” O Brasil sempre vai necessitar de conexão satelital e já estamos definindo os planos para o SGDC 2″, afirmou ele durante o Encontro Tele.Síntese. O grupo será dirigido por Artur Coimbra, do MCTIC, e contará com a participação de representantes dos ministérios da Defesa, da Casa Civil e da Telebras, entre outros.

Borges disse que a decisão da presidente do Supremo, por ser monocrática, não permite recurso nem ao plenário do Tribunal e que agora só haverá o julgamento do mérito da ação. “Felizmente a política pública prevaleceu sobre o interesse privado”, comemorou.

 

 

 

Avatar photo

Miriam Aquino

Jornalista há mais de 30 anos, é diretora da Momento Editorial e responsável pela sucursal de Brasília. Especializou-se nas áreas de telecomunicações e de Tecnologia da Informação, e tem ampla experiência no acompanhamento de políticas públicas e dos assuntos regulatórios.
[email protected]

Artigos: 2226