Presidente da FCC cancela participação na CES após receber ameaças

Desde a derrubada da neutralidade de rede nos Estados Unidos, Ajit Pai e família estariam recebendo ameaças.
Ajit Pai, novo presidente da FCC
Ajit Pai, novo presidente da FCC

Ajit Pai, presidente da Federal Communications Commission (FCC), autarquia que regula as telecomunicações nos Estados Unidos, cancelou a participação que faria na abertura da Consumer Electronics Show (CES). A feira de tecnologia começa no próximo dia 9, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

A participação dos presidentes da FCC na CES é quase uma tradição. Durante o evento, eles costumam defender a agenda que vão perseguir para o ano. Outros integrantes da agência, no entanto, irão à feira.

O motivo oficial da ausência de Pai não foi divulgado pela autarquia. Informações obtidas por diferentes jornais e sites americanos indicam que ele teria recebido ameaças de morte, com detalhes sobre seu itinerário em Las Vegas.

Desde que conduziu a derrubada das regras de neutralidade de rede nos Estados Unidos, em dezembro, Pai se transformou em alvo de protestos. Também passou a ser vítima de perseguições e ameaças veladas.

Relatos coletados pelo Washington Post mostram que pessoas contrárias à postura de Pai têm espalhado cartazes com nomes de familiares do executivo em sua vizinhança e feito ameaças veladas à integridade de todos.

Ameaças a figuras públicas por manifestantes não é exatamente uma novidade nos EUA. O presidente anterior da FCC, Tom Wheeler, ligado ao partido Democrata, também foi alvo em sua casa em 2014, quando pautou o debate sobre a neutralidade de rede no país.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10576