Positivo Tecnologia reduz em R$ 900 milhões projeção de 2023

Positivo Tecnologia diz que seca no Amazonas vai adiar entregas de 2023 para 2024, culpa também a macroeconomia e compras mais baixas do setor governamental.

A fabricante de equipamentos eletrônicos Positivo Tecnologia avisou ao mercado nesta segunda-feira, 13, que está revendo para baixo sua projeção de desempenho para2023. A companhia baixou em R$ 900 milhões o guidance da receita bruta neste ano.

“Nossa projeção de Receita Bruta para o ano-calendário 2023 passa a ser de R$ 4,6 bilhões a R$ 4,8 bilhões, ante R$ 5,5 bilhões a R$ 6,5 bilhões da projeção anterior [de março]”, resume a empresa em fato relevante.

A companhia justifica o desempenho pior pelas condições macroeconômicas, pela estiagem no Amazonas, que prejudicou a logística e vai atrasar entregas, e por compras reduzidas de governo.

“O cenário macroeconômico continua desafiador, com juros ainda elevados afetando ainda mais fortemente varejistas importantes que buscam reduzir seus estoques e endurecer suas condições de compra”, justifica.

Diz também que as vendas no mercado corporativo andam mais baixas que o esperado. “Este mesmo contexto macroeconômico vem pressionando também as pequenas e médias empresas, que por sua vez vem sofrendo com restrições de crédito e, consequentemente, reduzindo sua demanda para aquisição e reposição de hardware”, afirma.

Sobre as compras públicas, a Positivo Tecnologia atribui as vendas baixas às mudanças de governos neste 2023.  “Os atrasos nas nomeações de alguns cargos de gestão do setor público têm postergado contratações e novos editais de licitação, embora esse evento possa ser considerado normal em anos com mudanças significativas de gestão”, assina Caio Gonçalves de Moraes, Diretor Vice-Presidente de Finanças e de Relações com Investidores da empresa.

Quanto à seca no Amazonas, que afetou também a Samsung, a Positivo diz que os rios estão inavegáveis para recebimento de insumos e escoamento da produção na Zona Franca de Manaus, onde tem planta.

“O impacto neste caso é principalmente de postergação de algumas entregas para início de 2024 para os contratos de governo e junto a clientes corporativos, com uma parte menor em possíveis perdas de vendas para pequenas e médias empresas e varejo, dado que os produtos poderão não ser entregues a tempo para as campanhas de Black Friday e Natal”, observa.

Resultados 3º trimestre

A Positivo Tecnologia divulgou hoje, também, os resultados do 3º trimestre de 2023. Apresentou receita bruta de R$ 1,03 bilhão, queda de 19,1% frente o mesmo período de 2022. A receita líquida caiu 20,2%. O EBITDA caiu 0,9%, para R$ 121,5 milhões. O lucro líquido despencou 42,9%, para R$ 28,9 milhões. Abaixo, confira qual o porcentual de cada segmento em que atua no faturamento do trimestre:

positivo receitas 3t23

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4234