PMEs têm acesso a gestão de nota fiscal com solução de IA

A nova versão da Finplace inclui inteligência artificial e permite que PMEs organizem seus títulos de forma automática e gratuita.
PMEs têm acesso a gestão de nota fiscal com solução de IA- Crédito Freepik
Crédito: Freepik

As PMEs, Pequenas e Médias Empresas, passam a ter acesso a ferramenta com Inteligência Artificial (IA) para a gestão de notas fiscais de forma gratuita. A iniciativa da Finplace, marketplace financeiro voltada para PMEs, de lançar uma nova versão do Finscannet tem como objetivo fomentar o crescimento de pequenos e médios empreendedores com acesso a crédito.

Dotada dos recursos de IA a nova ferramenta analisa os títulos que o empresário tem disponíveis. “Com a Finscanner, pequenas e médias empresas, que muitas vezes não contam sequer com um sistema de gestão, passam a ter uma ferramenta gratuita que gerencia todas as notas emitidas, com o uso de IA”, afirma Felipe Avelar, CEO da Finplace.

À medida que as notas fiscais são emitidas, a inteligência artificial da ferramenta captura as informações desses documentos e insere na plataforma da Finplace, permitindo ao usuário ver as notas fiscais organizadas automaticamente como títulos a vencer, em operação, vencidos e operados, com detalhamento das notas e até funções que possibilitam alterar o vencimento da NF.

Com os novos recursos do Finscanner é possível subir lotes de notas de uma única vez para antecipação de recebíveis e, também, saber quais os títulos mais indicados para serem antecipados, de acordo com características como a data de pagamento e valor. Além disso, a empresa pode simular e criar ofertas com a definição de taxas desejadas.

Por meio de algoritmos, a ferramenta seleciona e apresenta para os financiadores os diferentes perfis de empresas que buscam crédito que melhor combinam com as políticas e linhas de crédito das instituições financeiras cadastradas na plataforma.

“Assim como em aplicativos de paquera, a solução torna disponível os ‘matchs’ dos perfis perfeitos combinados tanto para os financiadores quanto para as empresas tomadoras de crédito”, explica Avelar, da Finplace.

Com isso, os dois lados podem realizar as operações com mais agilidade, clareza e segurança. Em média, as instituições financeiras que contratam os serviços da Finplace conseguem uma economia de 70% sobre o seu custo operacional.

Com dois anos de atuação no mercado, a Finplace cresceu seu faturamento no primeiro trimestre de 2022 em cerca de 195%, comparado ao mesmo período do ano passado. A fintech conta com mais de R$ 1 bilhão em crédito transacionado e aproximadamente 3 mil clientes, que podem se conectar com os mais de 300 financiadores cadastrados, o que representa mais de R$ 4 bilhões em crédito disponível.

(Com assessoria)

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1785