Oi Fibra fecha 2022 com 4,2 milhões pontos de acesso

Operadora afirma que número de acessos cresceu 14,6% em comparação ao ano anterior. O serviço representa 25,3% do market share nas cidades aptas.
–
Oi divulga balanço dos acessos por fibra em 2022 (Crédito: Oi/Divulgação)

A Oi Fibra alcançou 4,2 milhões pontos de acesso em 2022. De acordo com balanço da base de clientes divulgado nesta segunda-feira, 27, pela operadora, com base nos dados da Agência Nacional de Tecnologia (Anatel),  houve crescimento de 14,6% nos contratos comparado ao ano anterior. 

Ainda de acordo com a prestadora, os acessos de Oi Fibra representam 25,3% do market share nas 293 cidades que contam com o serviço. No ano passado, a rede chegou a 87 novos municípios, uma expansão de 42% comparada a de 2021.

Regionalmente, a Oi Fibra cresceu principalmente no Centro-Oeste (19,2%). A empresa fechou o ano de 2022 líder em acessos em banda larga de fibra ótica em 14 estados, além do DF.

Segundo o relatório da Anatel, a Oi Fibra tem 59,7% do mercado de banda larga no Acre, 37,5% no Amazonas, na Bahia com 17,6%, Distrito Federal (41,8%), Goiás (27,3%), Maranhão (22,4%), Mato Grosso do Sul (28,1%), Mato Grosso (19,7%), Pará (25,5%), Paraná (21,4%), Rio de Janeiro (37,4%), Rondônia (39,4%), Roraima (64,8%), Rio Grande do Sul (19,0%) e Tocantins (23,8%).

A operadora também afirma que avançou em relação à velocidade da conexão por fibra. A alta foi de 42,3% na velocidade média.

A Oi Fibra é estratégica para a empresa, principalmente após a venda da Oi Móvel. O vice-presidente de Consumidor e Empresarial da Oi, Rogerio Takayanagi, enfatiza os números de 2022. “Tudo isso evidencia que a Oi Fibra está bem posicionada no mercado”, afirmou em nota.

Números globais

Os dados da Anatel mostram que a fibra é a única tecnologia de banda larga fixa com crescimento acentuado nos últimos anos. Em 2022, ela finalizou com 30,9 milhões de acessos  totais – no ano anterior, eram 26,1 milhões.

Ainda considerando os dados totais do país, a Oi, especificamente, caiu de 14,1% do market share da tecnologia fibra no Brasil em 2021 para 13,7% em 2022, mas se manteve em 2º no ranking apesar da queda. A Vivo lidera o ranking nacional, com 17,7%. 

As grandes operadoras, juntas, avançaram 19,3% na rede fibra em 2022 e os pequenos provedores cresceram 18,3%, de acordo com os registros da Anatel.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10387