Mercado Livre levanta R$ 1 bilhão com emissão de CRI

É a primeira emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários do Mercado Livre, que investe cerca de R$ 17 bilhões em logística no Brasil.
Mercado Livre levanta R$ 1 bilhão com emissão de CRI - Crédito: Divulgação
Centro de distribuição do Mercado Livre – Crédito: divulgação

O Mercado Livre, líder em tecnologia para e-commerce e serviços financeiros da América Latina, anuncia que finalizou no último dia 30 de agosto a captação de R$ 1 bilhão no mercado brasileiro. A oferta pública restrita, conforme prevê a instrução da CVM, foi realizada em duas séries, na forma de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI). Esta é a primeira operação neste formato adotada pela companhia, que vai investir os recursos na expansão, revitalização e modernização da sua estrutura logística no Brasil.

Coordenada pelos bancos Itaú BBA, que liderou a oferta, Bradesco BBI e Safra, a operação conta com uma série mais curta de cinco anos, com remuneração correspondente ao CDI mais 0,88% ao ano, e uma série mais longa de sete anos, com remuneração atrelada à inflação de NTN-B mais 0,63%. O investimento dos recursos captados inclui a possibilidade de financiamento para contratos de locação.

“A alta demanda pelos papéis comprova a confiança dos investidores na estratégia e execução do Mercado Livre e, assim, buscamos seguir diversificando fontes de captação para sustentar nossos investimentos e executar nossa visão de longo prazo”, destaca Tiago Azevedo, diretor sênior de Finanças do Mercado Livre no Brasil. “Apesar do contexto macroeconômico, nossos resultados sólidos nos dão confiança para manter o investimento no país, onde a nossa rede logística é uma vantagem competitiva que seguirá em constante evolução”, completa ele.

Neste ano, o Mercado Livre já anunciou a abertura de quatro novos centros de distribuição, que aumentarão sua capacidade de transação diária em mais de 1 milhão de pacotes no Brasil. Com esses novos ativos, até o final de 2022, a companhia passará a contar com uma estrutura logística composta por 12 centros de distribuição fulfillment, 1 receiving center, 1 sortation center, 20 centros cross docking e mais de 100 services centers. Atualmente, a plataforma já realiza entregas no mesmo dia para 100 cidades principais, representando 20% do volume das vendas. Cerca de 2,1 mil cidades recebem em até 1 dia, alcançando 75% das entregas, e 4,7 mil cidades em até 2 dias, cobrindo 90% das entregas atuais.

(com assessoria)

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1785