Mercado Livre lança criptomoeda própria com foco na fidelidade

A criptomoeda Mercado Coin começa valendo 10 centavos de dólar e poderá ser usada para desconto, acumulada no perfil ou trocada por dinheiro.
Mercado Livre lança criptomoeda própria com foco na fidelidade - Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

Está disponível a partir desta sexta-feira, 19, a nova criptomoeda Mercado Coin, lançada pelo Mercado Livre, em parceria com a Ripio, como uma espécie de cashback para fortalecer seu programa de fidelidade.

A Mercado Coin começa valendo 10 centavos de dólar e passará a obedecer à lógica de precificação do mercado. A cada compra, o cliente receberá uma quantidade de Mercado Coin que poderá ser usada para desconto em compras futuras, acumulada em seu perfil ou trocada por dinheiro, caso o cliente tenha conta no Mercado Pago.

Para oferecer esse serviço, a plataforma firmou uma parceria com a Ripio, plataformas de criptoativos, que será a custodiante e exchange das operações de compra e venda de criptos realizadas por meio do aplicativo Mercado Pago.

A criptomoeda Mercado Coin foi desenvolvida com base no protocolo ERC-20 da rede blockchain Ethereum. Esse padrão garante o monitoramento e a segurança de todas as transações realizadas com o ativo. Assim como outras moedas digitais do mercado, seu preço pode variar de acordo com a demanda.

Guilherme Cohn, gerente Sênior de Desenvolvimento Corporativo do Mercado Livre, afirmou em comunicado que a tecnologia blockchain por trás da nova criptomoeda garantiu uma solução “aberta e extremamente segura” para as operações. Ele acrescentou que a empresa acredita no “potencial dessas ferramentas para simplificar operações, conectar e promover o desenvolvimento financeiro de pessoas.”

Este não é o primeiro passo do Mercado Livre no setor de criptomoedas. No final do ano passado, a empresa anunciou a integração de moedas digitais em sua plataforma, começando a ofertar a compra, venda e custódia de bitcoin (BTC) e outros ativos para usuários brasileiros.

Além disso, a companhia possui cerca de US$ 30 milhões como reserva de valor em cripto. No passado, o Mercado Livre também já investiu em duas empresas do setor, a Paxos e o Mercado Bitcoin.

(com assessoria)

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1783