Mavenir anuncia arquitetura OpenRAN para 2G

A empresa de softwares do Texas terminou o protocolo de rede 2G comercial no padrão da O-RAN Alliance em arquitetura de redes 4G e 5G. Objetivo é facilitar a liberação de recursos de redes legadas para novas tecnologias.

Mavenir

A Mavenir, fornecedora de software de rede do Texas, anunciou ontem, 25, que está pronto o protocolo de rede 2G virtualizada e contentorizado que pode operacionalizar em arquiteturas 4G e 5G. Isso significa que uma plataforma comum poderia ser utilizada para 2G, 4G e 5G. Além disso, a solução fornece uma base para incorporar 2G nos padrões do O-RAN Alliance.

A arquitetura 2G GSM utiliza interface de fronthaul (FH) aprimorada entre a Tecnologia de Acesso Multirrádio (MRAT), a Unidade de Rádio Remota (RRU) e a Unidade Distribuída (DU). Segundo a Mavenir, o projeto dá suporte a trocas de rede legada para maior eficiência de custos para operadores. A solução é escalonável com a Plataforma Webscale da Mavenir, como também com outras plataformas webscale de terceiros.

“Este marco nos possibilita fornecer suporte imediato a operadoras fazendo uma troca completa de soluções de RAN para interfaces abertas e arquiteturas em escala web virtualizadas”, afirmou  Pardeep Kohli, presidente e diretor executivo da Mavenir.

O modo como a solução realiza a Divisão de Camada Inferior (LLS) de Open RAN para a arquitetura DU permite que operadoras centralizem as DUs 2G. Também, libera espaço e complexidade no local da torre, possibilitando agrupamento de recursos da CPU entre diversos locais. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10589