Unidade da Telefónica do Reino Unido contrata OpenRAN da NEC

NEC é a integradora de rede "multivendor" OpenRAN para a Virgin O2, joint venture de que participa a Telefónica no Reino Unido.
Tecnologia OpenRAN - Credito: Freepick
Arquitetura aberta de rede (OpenRAN) está sendo implantada pela Telefónica (O2) no Reino Unido em parceria com a NEC.

A Virgin Media O2, joint venture entre Virgin e o grupo Telefónica no Reino Unido, contratou a construção de redes 5G Open RAN pela NEC e pela Rakuten Symphony. As empresas ativaram o primeiro macrosite do acordo na última terça-feira, 30.

A implantação está localizada na região de Northamptonshire, no centro do país. A NEC foi responsável pela integração dos sistemas, uma vez que a rede instalada tem vários fornecedores. O software que faz o macrosite operar foi desenvolvido pela Rakuten Symphony.

“A ativação bem-sucedida dos primeiros macrosites da Virgin Media O2 no Reino Unido demonstra o potencial do modelo OpenRAN composto por vários fornecedores. Acreditamos firmemente no poder dos diversos ecossistemas OpenRAN e ficou evidente que temos a NEC como um parceiro que realmente compartilha nossa visão. Os recursos de integração de sistemas da empresa, líderes do setor, são essenciais para nos ajudar a fornecer hoje as redes móveis do futuro”, afirma Jeanie York, diretora de tecnologia da Virgin Media O2.

A arquitetura OpenRAN se diferencia das redes proprietárias justamente por ter elementos de múltiplos fornecedores. Nestas redes abertas há a chamada desagregação entre antenas e sistemas, favorecendo o uso de diferentes rádios e de softwares para virtualização das funções de rede.

Apesar da ativação, a arquetura OpenRAN ainda é incipiente nas redes 5G do mundo. Para executivos de operadoras ouvidos pelo Tele.Síntese, ainda é necessário amadurecer o ecossistema de fornecedores e derrubar preços. As redes proprietárias ainda têm custo inferior e já são utilizadas em larga escala.

Mayuko Tatewaki, vice-presidente sênior da NEC, porém, defendeu o potencial do modelo aberto no lançamento do macrosite britânico na última semana. “A ativação dos macrosites, no Reino Unido, em parceria com a Rakuten Symphony e com um ecossistema de líderes do setor, mostra o potencial de uma rede totalmente aberta”, frisou.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10383