Lucro da Telefônica cresce 10,2% e passa de R$ 1 bi no primeiro trimestre

A Telefônica Brasil também apresentou crescimento no EBITDA e nas receitas de celular e de banda larga. É o nono trimestre consecutivo com redução de custos. Queda na receita fixa e de TV paga.

A Telefônica apresentou sólido desempenho no primeiro trimestre do ano. Seu lucro líquido aumentou 10,2%, atingindo R$ 1,1 bilhão. O EBITDA totalizou R$ 3,8 bilhões, crescimento anual de 7,2%. As receitas com celular cresceram 4,2%, atingindo R$ 6,7 bilhões. No fixo, a receita apresentou redução de 2,5% e naTV por assinatura, outra queda de 1,5%. Mas as receitas com a banda larga cresceram 15,7% impulsionadas pela ultra banda larga. As receitas totais chegaram a R$ 10,76 bilhões, mais 1,6% ano a ano.

As receitas com telefonia móvel somaram R$ 6,734 bilhões, e com o segmento fixo R$ 4 bilhões, queda de 2,5%. Os custos operacionais caíram para R$ 6, 99 bilhões.

A empresa fechou o período com 97,8 milhões de acessos. A telefonia móvel cresceu 1,5%, para 75 milhões, e os acessos fixos caíram 2,3%, para 22,7 milhões.

A base de pós pago cresceu 10,9% e conquistou mercado no período com share de 31,9%.

Avatar photo

Miriam Aquino

Jornalista há mais de 30 anos, é diretora da Momento Editorial e responsável pela sucursal de Brasília. Especializou-se nas áreas de telecomunicações e de Tecnologia da Informação, e tem ampla experiência no acompanhamento de políticas públicas e dos assuntos regulatórios.
[email protected]

Artigos: 2194