Estádio do River Plate, na Argentina, recebe infraestrutura de WiFi 6 da Huawei

Fabricante Huawei instalou rede interna composta por 389 pontos de acesso WiFi 6 no estádio do River Plate, que tem capacidade de 83 mil torcedores

river plate

O Estádio Más Monumental, a sede do time de futebol CA River Plate, entre os mais famosos da Argentina, foi totalmente reformado e recebeu infraestrutura WiFi 6 da fabricante de equipamentos para telecomunicações Huawei, anunciou a empresa na última semana.

Inaugurado em 1938, o Más Monumental foi gradualmente ampliado e atualizado ao longo das décadas. Foi palco dos Jogos Pan-Americanos de 1951, da Copa do Mundo de 1978, quando a Argentina foi campeã, e de incontáveis eventos esportivos e musicais.

Em 2020, quando a Covid obrigou a suspensão dos campeonatos e dos shows, o River Plate aproveitou a oportunidade para promover uma grande reforma. Isso incluiu o acréscimo de cerca de 12 mil lugares, tornando-o o maior estádio da América do Sul em capacidade de público, além de melhorias na infraestrutura básica e na qualidade das instalações. No topo da lista, a conectividade sem fio.

Hoje em dia, dezenas de milhares de pessoas se reúnem e todas esperam ao mesmo tempo o acesso a uma rede estável. Walter Lanosa, gerente geral do River Plate, observa que os torcedores aproveitam os jogos de maneira diferente por causa da tecnologia. “O conceito de espetáculo não se limita apenas aos 90 minutos da partida”, afirma.

As instalações foram reabertas em junho e o público notou imediatamente a óbvia transformação da experiência de WiFi. Ela agora permite que grandes multidões se conectem à internet simultaneamente.

A Huawei projetou uma rede composta por 389 pontos de acesso no estádio do River Plate e um data center. Os pontos utilizam o equipamento AirEngine WiFi 6. A cobertura estende-se até os túneis utilizados pelos jogadores, abrangente a capacidade máxima de 83 mil pessoas.

A solução permite acesso rápido e estável à rede sem fio. Adota um algoritmo de escalonamento, que agrupa os usuários com base na duração da ocupação do canal, bem como a prioridade dos serviços, melhorando a utilização da interface aérea e permitindo que mais usuários acessem simultaneamente a rede sem qualquer congelamento de imagem, explica a fabricante.

A arquitetura de soluções WiFi para ambientes como um estádio de futebol é um processo complexo, ressalta German Gomez, gerente de soluções de rede IP da Huawei na América Latina. “As soluções de comunicação geralmente não são projetadas para uma densidade tão alta de usuários. Nosso desafio foi garantir o adensamento massivo de dispositivos, melhorando a experiência dos usuários que agora podem compartilhar sua experiência em tempo real”, finalizou.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4240