Empresa saudita compra 10% do grupo Telefónica

Cerca de 10% do capital do grupo espanhol Telefónica, dono da Vivo no Brasil, agora pertence à saudita STC, avisou a companhia

(crédito: Reprodução)

A Telefónica informou ao mercado nesta terça-feira, 5, que o STC Group, principal operador de telecomunicações da Arábia Saudita e do Oriente Médio, comprou 9,9% do conglomerado espanhol.

Os árabes compraram 5% das ações da Telefónica no mercado acionário, e obtiveram mais 4,9% através de investimentos feitos por “instrumentos financeiros que resultam em uma exposição econômica acima de 5% do capital da companhia”, informa.

A compra se deu em um momento de baixa dos papeis, que perdem valor desde 2015. Naquele ano, as ações da companhia custavam cerca de 14 euros. Atualmente, são comercializadas por 3,75 euros. Já o STC viu suas ações quase dobrarem de valor desde 2015.

A Telefónica diz que a compra é considerada amigável e tem apoio dos diretores do grupo, segundo os quais, demonstra o sucesso da estratégia da companhia e sua capacidade de gerar valor.

O valor pago não foi revelado pela Telefónica. Segundo o jornal espanhol El Mundo, o desembolso foi de 2,1 bilhões de euros (cerca de R$ 11,2 bilhões). A aquisição parte em ações, parte através de instrumentos financeiros teria sido planejada para que o comprador não precisasse pedir aval ao governo espanhol, diz o periódico. Agora iniciará o trâmite burocrático da autorização para liquidar os instrumentos financeiros e, assim, concluir a compra.

A aquisição faz do STC Group o principal acionista do grupo Telefónica, que no Brasil é dono da Vivo. Com 9,9% das ações, supera os 4,87% do BBVA, os 3,5% da CaixaBank, e os 4,48% do Blackrock.

No mercado espanhol, a notícia da aquisição pouco mexeu no valor da Telefónica, cujos papeis ficaram estáveis (-0,05% de variação). Na bolsa de Nova York, nos EUA, o movimento foi mais intenso, com alta de 1,95% ao longo do dia.

Em 8 de novembro, informa o El Mundo, a Telefónica vai apresentar um novo plano estratégico. O grupo Telefónica tem endividamento líquido de 27,5 bilhões de euros, equivalente a 2,62x o EBITDA.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4103