Em oito meses, tá telecom contabiliza 102 provedores associados

Segundo o CEO, Rudnei Gerhart, a tá telecom foi a MVNO que mais obteve clientes humanos até agosto deste ano

Rudinei Gehart, CEO da tá telecom

Criada há apenas oito meses, a operadora móvel virtual tá telecom já tem 102 provedores regionais de internet associados. A empresa surgiu depois que vários deles se uniram na tentativa de comprar espectro no leilão 5G de 2021. O consórcio chegou a apresentar lances, mas não levou as faixas desejadas.

Sob coordenação do atual CEO da tá telecom, Rudnei Gerhart (foto acima), os provedores seguiram atrás de alternativas para ingressar no mercado móvel. Em fevereiro deste ano, seis das dezenas de ISPs que estavam na iniciativa do leilão 5G apostaram em criar uma operadora móvel virtual, e assim, entrar no segmento celular.

Desde então, a adesão entre os ISPs saltou. Havia expectativa no primeiro semestre de que 70 ingressariam no projeto, mas atualmente já são 102 provedores. “Esperamos encerar o primeiro ano de operação com quase 140 provedores”, diz Gerhart ao Tele.Síntese.

Isso significa um mercado potencial de clientes grande, defende ele. Somados, os ISPs associados à tá telecom têm 1,48 milhão de clientes.  “Nós estimamos, com base em cálculo IBGE de que há pelo menos três habitantes por casa, que temos impacto direto de relacionamento com 4,5 milhões de pessoas, que são já clientes de banda larga dos provedores”, observa.

A meta para o primeiro ano é distribuir 50 mil chips para os associados revenderem. Atualmente, a tá telecom já distribuiu 40 mil. E a quantidade de assinantes chegou a 31,5 mil em agosto. Pode parecer pouco, mas não é diante do público-alvo da empresa.

“As MVNOs brasileiras, na maioria, buscam clientes no mercado M2M e IoT. Nós acreditamos no nosso potencial de relacionamento com as pessoas, que a melhor característica dos ISPs é a proximidade humana. Do total de adições de assinatura para MVNOs até o momento em 2023, nós capturamos 70% das que eram contratações por pessoas”, observa o executivo.

Segundo ele, o M2M é um segmento concorrido, mas não aproveita todo o potencial da base dos ISPs, que se desenvolveram atendendo domicílios onde operadoras de grande porte não chegavam com banda larga fixa.

A tá telecom é operadora virtual credenciada da Surf Telecom, que por sua vez tem parceria com  TIM. Dessa forma, a rede alcança todo o Brasil.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4191