Conselheira da Oi renuncia

Robin Bienenstock deixa cadeira que ocupava por indicação da Andrade Gutierrez. Assume o suplente Marcos Grodetzky

A Oi comunicou ao mercado nesta segunda-feira mais uma baixa em seu comando. Robin Bienenstock, que ocupava cadeira no conselho de administração como integrante independente, indicada pela Andrade Gutierrez, renunciou ao cargo. Em seu lugar, assume o suplente Marcos Grodetzky, que já foi CFO da Telemar.

Os motivos da renúncia não foram divulgados. Na última sexta-feira, a concessionária informou a saída de Bayard De Paoli Gontijo da presidência da companhia, após quase dois anos.

Bienenstock assumiu a cadeira também há quase dois anos. Na época, quando se esperava a fusão entre Oi e PT SGPS, ela era apontada como profissional capaz de contribuir para a nova estrutura de governança da nova companhia. Pouco depois, no entanto, a Oi venderia a Portugal Telecom para a francesa Altice, para levantando €7,5 bilhões.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4159