Com nova antecipação, faixa do 5G ficará liberada em 487 cidades

Anatel disponibilizou faixa em 347 novas cidades, distribuídas em 23 estados, que se somam a capitais e cidades com mais de 500 mil habitantes onde frequências já tinham sido liberadas. Veja lista.
Com nova antecipação, liberação do 5G chegará a total de 487 cidades
Mapa mostra total de cidades com faixa do 5G já liberada conforme cronograma a partir de 27 de fevereiro. (Mapa: Carolina Cruz/ Tele.Síntese)

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) decidiu antecipar a liberação da faixa de 3,5 GHz em 347 novas municípios a partir da próxima segunda-feira, 27. Com isso, o total de cidades com o 5G chegará a 487.

A medida foi aprovada em reunião realizada nesta quinta-feira, 23, pelo Gaispi (Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz). As cidades beneficiadas estão distribuídas em 23 estados.

O estado que tem mais novos municípios beneficiados é Minas Gerais, com 50 ao total, entre elas, Sete Lagoas e Unaí. Goiás aparece em seguida, com 48 cidades entre elas destacam-se as turísticas Alto Paraíso e Pirenópolis.

A lista segue com Rio Grande do Sul (33), Paraná (32), Santa Catarina (21), Ceará (18), Bahia (17), Rio de Janeiro (15), Rio Grande do Norte (14), São Paulo (13), Maranhão (13), Amazônia (12), Piauí (12), Alagoas (11), Tocantins (9), Pernambuco (9), Paraíba (6), Roraima (4), Mato Grosso (3), Sergipe (3), Amapá (2), Rondônia (1) e Pará (1). A liberação da faixa não significa que redes do 5G serão instaladas de imediato nas localidades, a ativação depende do planejamento individual de cada operadora.

Veja a lista:

De acordo com a Anatel, as novas cidades alcançam 19,5 milhões de brasileiros 9,1% da população – sendo:

  • 177 cidades abaixo de 30 mil habitantes;
  • 111 cidades entre 30 mil e 100 mil habitantes;
  • 37 cidades entre 100 mil e 200 mil habitantes;
  • 22 cidades acima de 200 mil habitantes

Conforme o cronograma da Anatel outras 1.124 cidades devem ter a faixa liberada até junho deste ano. Na reunião do Gaispi realizada nesta quinta, foi lançado painel para acompanhamento da liberação.

A decisão do Gaispi segue diretrizes do Edital do 5G e abrange municípios onde a Entidade Administradora da Faixa de 3,5 GHz (EAF) já iniciou a migração da recepção do sinal de televisão aberta e gratuita por meio de antenas parabólicas na banda C satelital para a banda Ku, começou o agendamento para instalação de kits receptores à população e concluiu as ações necessárias para a desocupação desta faixa por sistemas do Serviço Fixo por Satélite (FSS), tendo instalado os filtros para a mitigação de interferências em todas as estações do FSS impactadas.

Com informações da Anatel e MCom

 

 

 

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10373