Cidades com faixa de 3,5 GHz livre para o 5G chegam a 3,8 mil

A partir de 29 de abril, as prestadoras que adquiriram lotes na faixa de 3,5 GHz poderão solicitar à Anatel o licenciamento e ativação de estações de 5G nessa faixa em mais 220 municípios
Faixa de 3.5 GHz está disponível em mais 220 municípios
O total de cidades que poderão contar com o 5G na faixa de 3.5 GHz chegará a 3,8 mil na próxima semana (Foto: Geralt/Pixabay)

A partir do próximo dia 29, as operadoras de telecomunicações que adquiriram direitos na faixa de frequência de 3,5 GHz estarão autorizadas a iniciar o processo para implantar o 5G em mais 220 municípios brasileiros. Essa permissão foi estabelecida durante a Reunião Ordinária do Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência na faixa de 3.625 a 3.700 MHz (Gaispi), realizada nesta sexta-feira, 26. O procedimento envolve a solicitação de licenciamento e ativação das estações de transmissão de 5G à Anatel.

O presidente da Anatel e do Gaispi, Carlos Baigorri, afirmou que com a decisão, serão 3,8 mil os municípios com a faixa de 3,5 GHz disponível para utilização por estações 5G.  “No total, serão aproximadamente 186,5 milhões de brasileiros recebendo esse serviço, o que corresponde a aproximadamente 87,4% da população do Brasil”, pontuou. O Maranhão lidera o ranking dos estados com maior número de município dessa lista, com 148. Seguido pelo Sergipe, com 38, e Espírito Santo, com 26.

A liberação da faixa não implica na instalação imediata de redes 5G nestas cidades, no entanto. A implementação antecipada dessas estações depende do planejamento de cada operadora móvel.

Avanços do 5G

Em 8 de março de 2024 foram finalizadas as atividades de mitigação preventiva com a instalação de filtros nas estações fixas de satélite (FSS) operando na banda C com quase dois anos de antecedência em relação ao previsto no edital.

Com a antecipação desses 220 municípios, o Espírito Santo, Maranhão e Sergipe estão totalmente liberados para a ativação de estações 5G na faixa de 3,5 GHz. Com essa liberação, há 12 Unidades da Federação (AL, AP, DF, ES, MA, PR, RJ, RR, RS, SC, SE e SP) com todos os municípios liberados.

Durante a mesma reunião, foi decidido que a EAF ficará encarregada de planejar o início da migração do sistema de recepção de televisão aberta e gratuita via antenas parabólicas, da banda C satelital para a banda Ku, na Fase 6. Essa etapa abrange 1,2 mil municípios. Após a conclusão da Fase 6, todos os municípios do Brasil estarão aptos para a ativação de estações 5G na faixa de 3,5 GHz.

Para evitar possíveis interferências, os indivíduos que recebem transmissões de TV aberta por meio de antenas parabólicas precisarão adaptar seus equipamentos. Inscritos no CadÚnico que recebem o sinal de TV aberta via parabólica podem solicitar um kit de adaptação do equipamento à Siga Antenado, nome comercial da EAF, gratuitamente.

Avatar photo

Gabriel Gameiro

Artigos: 10