CenturyLink tem um novo nome: Lumen Technologies

Executivos da operadora, que no Brasil tem foco no atacado, querem que a empresa seja reconhecida como de tecnologia

A CenturyLink mudou sua marca e passou a se chamar Lumen Technologies. O grupo, que tem redes de atacado e data centers espalhados pelo mundo, inclusive no Brasil, também reformulou sua estratégia comercial e passa a se posicionar como uma empresa de tecnologia.

Como tal, passa a se considerar fornecedora de uma plataforma que reúne conectividade, mas também computação de borda (edge computing), segurança, colaboração e arquitetura de aplicações em nuvem. Terá como foca fornecimento de serviços para o varejo, setores de saúde, manufatura e cidades inteligentes.

A marca CenturyLink não será abandonada. Continuará a ser usada em produtos de banda larga fixa, TV paga e telefonia para clientes residenciais e pequenas empresas nos Estados Unidos. Além disso, foi criada a Quantum Fiber, ISP que venderá, apenas nos EUA, conectividade fixa baseada em fibra óptica para clientes residenciais e pequenas empresas.

A Lumen avisa que a partir 18 de setembro de 2020, o símbolo da ação da empresa mudará de CTL para LUMN na NYSE, a bolsa de valores de Nova York. O nome legal da CenturyLink, Inc. deve ser formalmente alterado para Lumen Technologies, Inc. após o cumprimento de requisitos legais e regulamentares, ainda este ano. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10575