Bard: Google lança ferramenta de IA generativa rival do ChatGPT no Brasil

Plataforma foi otimizada para português do Brasil e pode ser acessada por computadores e celulares; empresa diz que solução ainda está em fase experimental
Google lança Bard, ferramenta de IA generativa, no Brasil
Bard chega otimizado para ser explorado por usuários no Brasil (crédito: Google/Divulgação)

O Google lançou no Brasil, nesta quinta-feira, 13, a ferramenta Bard, chatbot de Inteligência Artificial (IA) generativa que deve concorrer com o ChatGPT, criado pela OpenAI e patrocinado pela Microsoft.

A plataforma, lançada originalmente em fevereiro em algumas partes do mundo, chega otimizada para funcionar em português do Brasil. A ferramenta também recebeu outros 40 idiomas, incluindo árabe, chinês, alemão, hindi e espanhol.

De acordo com Bruno Possas, vice-presidente Global de Engenharia para Busca do Google, o Bard ainda é uma “ferramenta em fase experimental”. A aplicação tem sido aprimorada nos últimos meses, além de ter ganhado novos recursos para potencializar a criatividade durante a interação com o usuário.

“A nossa jornada está apenas no início, mas estamos entusiasmados e otimistas sobre como o Bard pode ajudar as pessoas a liberar todo o seu potencial!”, afirmou o executivo, salientando que, há sete anos, o Google direcionou o foco do seu negócio para se tornar uma empresa centrada em IA.

Em comunicado sobre os recursos da plataforma, a gigante de tecnologia ressaltou que a disponibilização do chatbot no Brasil faz parte de uma “abordagem ousada e responsável em relação à inteligência artificial”.

Além disso, o texto – assinado pelo Líder de Produto, Jack Krawczyk, e pelo vice-presidente de Engenharia do Bard, Amarnag Subramanya – destaca que a empresa utiliza uma cartilha de princípios de IA como guia, no sentido de proteger a privacidade e os dados dos usuários, e tem se envolvido “proativamente com especialistas, legisladores e reguladores” no que diz respeito à IA.

Vale lembrar que, em maio, especialistas em IA e executivos, inclusive do Google, assinaram uma mensagem reforçando a importância de mitigar os riscos que a tecnologia pode trazer à humanidade.

Como funciona

A ferramenta pode ser acessada pelo endereço bard.google.com, tanto pelo navegador do computador como pelo celular. Segundo o Google, com simples comandos, o usuário pode explorar diversos assuntos sobre os quais o chatbot inteligente pode discorrer.

Ao fazer uma pesquisa, além da resposta do Bard, o usuário poderá clicar em um botão de direcionamento para a tradicional ferramenta de busca do Google, por meio da qual pode complementar a pesquisa de forma independente.

Avatar photo

Eduardo Vasconcelos

Jornalista e Economista

Artigos: 799