Anatel e ATT, da Bolívia, vão atuar juntos em temas comuns

Órgãos reguladores dos dois países assinam memorando de entendimento em Barcelona, no Mobile World Congress

Crédito: DivulgaçãoA Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e a Autoridade de Regulação e Fiscalização de Telecomunicações e Transportes (ATT) da Bolívia, firmaram Memorando de Entendimento que prevê a cooperação técnica em vários temas relevantes para o setor de telecomunicações.

Ciberseguranca; Proteção aos consumidores; Sustentabilidade espacial; Combate à pirataria; e Gestão do espectro são alguns dos assuntos que serão tratados entre os dois países. Este é o primeiro Memorando Anatel – ATT (previamente havia apenas uma “Carta de Intenções”, de 2015) e tem especial significado porque se trata de um país vizinho que possui diversos desafios em comum com o Brasil.

Para a Anatel, um exemplo de tema de trabalho comum, que já tem encontros em andamento é a interferência em zona de fronteira. A Bolívia também é um país amazônico, o que justifica ações conjuntas em relação à região.

Anatel e ATT trabalham em foros comuns (Mercosul, Regulatel) e podem estar ainda mais próximos em outros (Citel e UIT, por exemplo).

O memorando foi assinado pelo presidente da Anatel, Carlos Baigorri, pelo vice-presidente, Moisés Moreira, e pelo diretor executivo da ATT, Néstor Ríos em Barcelona, na Espanha, onde se realiza o Mobile World Congress. A ATT é o órgão responsável pela regulação de telecomunicações, transportes e setor postal da Bolívia. (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10514