Abert repudia vandalismo e ataques a jornalistas em Brasília

A entidade disse querer celeridade na identificação dos envolvidos nos atos antidemocráticos de ontem para que sejam punidos pela lei.

Abert repudia atos de vândalos em Brasília
Image by Alexas_Fotos from Pixabay

A Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão ) emitiu nota repudiando as ameaças e hostilidades a equipes de jornalismo que cobriam os atos de vandalismo no centro de Brasília na noite de ontem.  A entidade disse que confia no trabalho das autoridades locais e pede celeridade na identificação dos envolvidos para que sejam punidos com o rigor da lei..

“Além das depredações contra veículos e prédios públicos, o grupo de vândalos que protestava contra a prisão de um indígena investigado por atos antidemocráticos intimidou e expulsou profissionais da imprensa que realizavam as apurações e desempenhavam a função de informar a população sobre os protestos”, diz a nota.

A Abert reitera que a” imprensa livre é uma das bases da democracia e atos de violência contra profissionais e veículos de comunicação colocam em risco  a integridade física dos jornalistas e atentam contra o Estado Democrático de Direito”

Vandalismo

Os ataques se iniciaram na Polícia Federal, na Asa Norte,  por volta das 19h30, logo após as autoridades terem cumprido o mandado de prisão determinado pelo STF a pedido da Procuradoria-Geral da República contra José Acácio Tserere Xavante, acusado de incentivas e manifestação antidemocráticas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, foram queimados sete veículos e mais um foi parcialmente danificado. O grupo também jogou pedras contra a Polícia Federal, invadiu uma delegacia e se espalhou por outros locais no centro.

No final da noite, o futuro ministro da Justiça, Flávio Dino, chamou uma coletiva ao lado do secretário de Segurança do Distrito Federal, Júlio Danilo, e da Polícia Federal do Distrito Federal .

Ele garantiu que as pessoas serão identificadas e responsabilizadas. “Com serenidade, com prudência, com tranquilidade, nos termos da lei. Todas as pessoas serão responsabilizadas”, garantiu Dino.

Ontem o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, e o vice-presidente eleito, Geraldo Alckmin, foram diplomados no TSE. Agora estão aptos para tomarem posse em 1 de janeiro.

 

 

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10693