V.tal adquire terreno para construir data center hyperscale em Fortaleza

Instalação adicionará mais de 20 MW de capacidade à infraestrutura da empresa de rede neutra; em fevereiro deste ano, companhia inaugurou um edge data center na capital cearense
V.tal anuncia a construção de data center hyperscale em Fortaleza
V.tal anunciou a ampliação da infraestrutura de data center em Fortaleza (crédito: Freepik)

A V.tal informou, nesta segunda-feira, 3, que comprou um terreno em Fortaleza para a construção de um novo data center hyperscale na capital cearense. A unidade adicionará mais de 20 MW de capacidade à infraestrutura de processamento de dados da empresa de rede neutra.

A nova instalação, que se chamará “Mega Lobster”, será integrada à estação de chegada de cabos submarinos e ao “Big Lobster”, o edge data center da V.tal localizado no bairro de Praia do Futuro.

Segundo a empresa, a nova estrutura deve atender à crescente demanda de operadoras e OTTs locais e globais que estão se expandindo na região Nordeste do País.

“O novo data center se beneficiará da infraestrutura de fibra terrestre de alta capilaridade da V.tal para se conectar de forma diversificada a um ecossistema neutro, oferecendo às operadoras e OTTs soluções completas para acessar o PIX Central (Ponto de Troca de Internet) do Ceará, que registra o segundo maior volume de tráfego de internet no Brasil”, diz a companhia, em comunicado.

A V.tal ainda ressaltou que a construção de mais um data center em Fortaleza vai ao encontro da estratégia da empresa de expandir a infraestrutura em hubs estratégicos de conectividade.

Vale lembrar que a unidade “Big Lobster”, com capacidade para 4 MW, foi inaugurada em fevereiro deste ano. O investimento no complexo foi de aproximadamente R$ 200 milhões. Além disso, a empresa segue construindo um edge data center em Porto Alegre, após ter adquirido um imóvel na capital gaúcho no ano passado.

Atualmente, além de Fortaleza, a empresa de rede neutra conta com centros de dados no Rio de Janeiro em Barranquilla, na Colômbia. As instalações são conectadas por 26 mil quilômetros de cabos ópticos submarinos que ligam o Brasil a países como Argentina, Chile, Venezuela, Colômbia, Bermudas e Estados Unidos.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10523