TIM vai ativar 5G “puro” em 56 bairros de Belo Horizonte nesta semana

Até o final do ano, a TIM vai ativar o sinal do 5G na frequência de 3,5 GHz no total de 70 bairros de Belo Horizonte
Belo Horizonte
Crédito: Freepick

Presente em todos os 853 municípios de Minas Gerais com a tecnologia 4G, a TIM avisa que vai ativar amanhã, 29, a primeira rede 5G Standalone (o 5G “puro”) de Belo Horizonte, logo após liberação oficial da frequência de 3,5 GHz pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

O início da operação na capital mineira já conta com a ativação do sinal com duas vezes mais antenas que o mínimo regulatório exigido pelas normas do Leilão 5G, em 56 bairros. Até o final do ano, serão 70 bairros cobertos, em todas as regiões da cidade, diz a companhia.

A cidade é primeira do Sudeste a receber a rede 5G SA da TIM.

Os outros municípios de Minas Gerais também terão o 5G ativado de acordo com o cronograma estabelecido pela Anatel, que prevê a expansão da rede aos poucos, conforme a densidade populacional, até o final de 2029.

TIM Live também cresce na cidade

A TIM Live, serviço de banda larga fixa da companhia, também recebeu investimentos e foi ampliada na capital mineira. O serviço chegou aos bairros de Rio Branco, Santa Mônica, Jardim América, Buritis, Das Mansões e Planalto, contemplando mais de 30 bairros em Belo Horizonte neste ano. A tele também ativou a rede óptica até a casa do cliente (FTTH) nas cidades de Betim e Contagem.

Compromissos 

Os investimentos da TIM no estado são resultado de compromisso firmado com a Anatel para expansão da cobertura a fim de sanar problemas na qualidade do serviço oferecido. Também são relacionado à estratégia comercial do grupo, que recentemente adquiriu a maior fatia da Oi Móvel, aumentando sua base de clientes e infraestrutura própria.

Com esses movimentos, a empresa atingiu a meta de levar 4G a todas as 853 cidades mineiras em junho. Para estar presente em todos os municípios, implantou 163 biosites, torres de telefonia móvel que se confundem com a paisagem. Ao todo, já são mais de 1.800 biosites no país.

Outra forma de ampliar a cobertura em Minas Gerais foi o projeto SkyCoverage, que usa satélites para escoar o tráfego de dados. Em Minas, foram instaladas antenas do tipo em mais de 16 municípios, como São João Del Rey, Barbacena, Serranos e Marilac. As estações também não são ligadas à rede comum de energia. Usam painéis solares para alimentar torres e antenas e cada site tem sua própria geração de energia solar.

Avatar photo

Rafael Bucco

Artigos: 4153